Imagem: escola estadual guiratinga luiz orione
Escola Estadual Luiz Orione – Foto: Arquivo AGORA MT

Todos os alunos da Escola Estadual Luiz Orione em Guiratinga (MT) foram remanejados para a Escola Estadual Santa Teresinha, no mesmo município. O remanejamento aconteceu no mês de agosto. Com pouco mais de 80 anos de funcionamento, os trabalhos da Escola Luiz Orione que era coordenada por religiosos Salesianos, chegaram ao fim.

Em maio de 2019 saiu no Diário Oficial a criação de uma comissão para remanejamento de alunos em alguns municípios em Mato Grosso (MT).

Conforme informações, sete turmas da Escola Luiz Orione foram remanejadas para a Escola Santa Teresinha. Todos os professores e funcionários continuam trabalhando até dezembro.

O prédio onde o colégio estava instalado pertence à igreja católica e o preço do aluguel custava em torno de R$ 11 mil.

A luta para manter a Escola Luiz Orione em funcionamento é antiga. Em 2014 a Escola era a 2ª mais frequentada em Guiratinga, empregava cerca de 40 profissionais, entre professores e colaboradores, além disso, 300 alunos estavam matriculados na instituição de ensino, mas as informações são de que o número de alunos reduziu muito nos últimos anos.

Em dezembro de 2012 a Escola recebeu um comunicado da Secretaria Estadual de Educação informando que o ano letivo de 2013 seria o último alegando a falta de necessidade da Escola no Município. A secretaria também havia informado que uns dos motivos seria o custo da instituição. Na época o Estado pagava R$ 8 mil para a diocese no valor do aluguel.

Imagem: manifestação guiratinga
Manifestantes reunidos na escola – Foto: você repórter

Em março de 2014 os moradores manifestaram contra o fechamento da Escola e a instituição continuou funcionando, mas a luta chegou ao fim com o remanejamento dos alunos e fechamento da Escola em 2019.

LEIA MAIS 

Moradores de Guiratinga manifestam contra fechamento de escola

Guiratinga | Diretora da Luiz Orione ainda não recebeu comunicado oficial sobre renovação de contrato

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.