Olá pessoal,

Na coluna dessa semana resolvi falar sobre um local que com certeza é destaque de turismo em Mato Grosso, quem nunca foi, ao menos já ouviu falar. O Malai Manso Resort não é apenas o único resort All Inclusive de Mato Grosso, mas sim do Centro-Oeste. Fica localizado às margens do Lago do Manso, na mística Chapada dos Guimarães – MT, a cerca de 90 km da capital.

Imagem: azul Malai
Piscina com fundo para o rio Manso – Foto: Míriam Trento / Agora Mato Grosso

A estrada é de asfalto, condições boas, mas pista simples, porém com as placas indicando, não há dificuldade para chegar.

Para quem não sabe, um resort alia características de hotel e de clube, oferecendo um amplo espaço, com boa infraestrutura para que os hóspedes possam aproveitar atividades variadas, com lazer e esportes, além das acomodações extremamente confortáveis.

O Malai é um local muito bonito, oferece conforto e apesar do preço ‘salgado’ (normal de um resort) vale muito a pena porque já diz o nome, é ‘All Inclusive’, ou seja, tudo incluso, alimentação, bebidas e transporte interno 24h.

Imagem: psicina Malai
Atividades na piscina – Foto: Míriam Trento / Agora Mato Grosso

No feriado de 7 de setembro o Resort estava lotado, mas apesar da quantidade de pessoas, o Malai não deixou nada a desejar, são muito bem organizados e a comida e bebida com muita variedade e o tempo todo, uma verdadeira fartura…

Imagem: cafe da manhã
Café da manhã – Foto: reprodução

Para mim, o destaque é o café da manhã. Incrível, é a palavra que define. A variedade é enorme e atende com certeza todos os gostos, com frutas, pães, panquecas, frios, sucos, capuccinos e para os mais fitness tem batata doce, omeletes e tapiocas feitas na hora e ao gosto do cliente. Mas o almoço e jantar também é muito bom e ainda tem um espaço dentro do Resort, chamado Vila Malai, que oferece hambúrgueres (uma delícia, por sinal), pastel, sorvete e pizza.

Mas aí tem um detalhe que não posso deixar de comentar, em relação a pizza. Conversei com alguns hóspedes que fizeram elogios ao sabor da pizza, só que para consumi-las é preciso fazer agendamento com antecedência e é limitado. Um ponto negativo, porque isso não fica claro, quando você chega ao Resort, ai se você decide comer a pizza, a noite, não vai conseguir, como foi o meu caso, às 18h30 de sábado, não havia mais como agendar, porque havia se esgotado.

Imagem: Malai
Área externa – Foto: reprodução

O lugar também é um paraíso para quem gosta de bebidas, conta com drinks, batidas, caipirinha, refrigerantes, sucos e muito chopp. Só que outro ponto negativo é que como a área de lazer é muito grande, o hóspede tem que ir se servir, e em alguns pontos acaba ficando longe se você for várias vezes ao dia. E a ideia de você ir a um Resort, pelo menos para mim, é ficar deitado o dia todo, a beira da piscina, sendo servido, é ou não é? Rsrsrs.

Um ‘bar molhado’ seria a solução e com certeza agradaria a todos.

Além da bebida, uma dessas lanchonete também oferece porções quase que o dia todo e pela manhã tem uma barraca de acarajé com atendentes a caráter. Tem recreações para crianças e adultos em volta da piscina e nos outros espaços tem trilhas e tirolesa. Também tem bicicletas disponíveis para passeio dentro do Resort, mas é alugada a parte.

Imagem: Bangalo
Área dos bangalôs – Foto: Míriam Trento / Agora Mato Grosso

Agora a estrutura do Resort é ótima, desde os apartamentos até os bangalôs que são todos equipados, inclusive com churrasqueira para aquele hóspede que quer ficar mais reservado e fazer a própria comida. Tem carro disponível 24h para levar e buscar os hóspedes e tudo rápido, mesmo nos ‘horários de picos’, são coisa de poucos minutos.

As piscinas são enormes e quase todas tem opções mais rasas para que os pais possam curtir com as crianças e tem duas específicas apenas para crianças. Só que no quesito geral de parque aquático, o lugar, também deixa a desejar, porque fora as piscinas de crianças, as outras não possuem nenhum tipo de atração, apenas cadeiras em volta, ou seja, se sua expectativa, é saltar de tobogãs, curtir ondas na piscina, não vai encontrar por lá.

As margens do Manso, o Resort também oferece um Lual, a sensação é de estar em uma praia mesmo, bem bacana. E durante o dia tem lanchas e jet ski que podem ser alugados para passeios pelo Manso. Resumindo, os pontos positivos são muitos e vale a pena a visita a esse local de lindas piscinas azuis.

Mais informações vocês conseguem pelo site do Resort. Boa viagem e até a próxima!

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.