O mercado do couro veio à tona nos últimos dias no Estado de Mato Grosso (MT). Os principais destinos do couro mato-grossense foram a Itália (6,76 mil toneladas) e a China (6,47 mil toneladas). Ao considerar o acumulado de 2019 (jan-ago), o total foi uma
quantidade de aproximadamente 14,4 mil toneladas e faturamento de US$ 15,8 milhões para o Estado. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Em comparação com mesmo período do ano passado, até agora, o volume enviado foi 1,1% superior, porém, em termos de faturamento desvalorizou em 33,5%, pois foram enviadas 23,7 mil toneladas a um valor de US$23,7 milhões.

“Portanto, verifica-se que o mercado internacional de couro é grande e apresenta relevância para a economia não só de Mato Grosso, mas também em nível nacional. Mas, como estes clientes são exigentes vale a pena se atentar aos seus requisitos para não perdê-los”, conclui os economistas do Imea.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.