Imagem: hannah jones shooting
Hannah Jones – Foto: reprodução

Uma mãe atirou, sem querer, na filha depois que a menina a assustou por ter chegado mais cedo em casa da faculdade, em Ohio, nos Estados Unidos.

A jovem disse que “entrou pela porta animada” para surpreender a família, mas não esperava que a mãe a confundisse com um invasor e atirasse nela.

Em um post já deletado no Facebook, Hannah Jones conta que a mãe ficou aterrorizada ao vê-la. “Quando eu passei pela porta, ela estava com medo, temendo pela própria vida, e atirou em mim”, escreveu a jovem.

Gritos após os disparos

Depois dos disparos, a menina gritou e o namorado entrou correndo na casa. Em ligação para a polícia, o rapaz disse que Hannah estava sangrando demais.

“Minha namorada acabou de chegar em casa depois da aula e a mãe dela não sabia, e, de verdade, sem querer atirou nela”, explicou o rapaz na ligação obtida pelo canal local 21 News.

Depois de ser levada ao hospital, a menina descobriu que o cotovelo direito estava quebrado em três lugares e precisou passar por uma cirurgia para colocar oito pinos e três placas no braço.

“Eu sou muito sortuda por ainda estar aqui! Ainda me deixa chocada pensar que eu poderia ter morrido, mas felizmente eu tinha um anjo da guarda cuidando de mim naquele dia”, escreveu na postagem.

Arma era registrada

Ohio permite que os habitantes tenham e carreguem suas armas livremente, e a polícia confirmou que a mãe de Hannah tinha a permissão em dia e a arma era registrada.

“Ela tinha uma arma disponível e atirou em alguém passando pela porta”, disse o chefe de polícia John Norman ao canal 21 News.

Ainda não se sabe se a filha vai prestar queixas contra a mãe ou se algum boletim de ocorrência será feito.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.