Imagem: Mendes discute com indígena
Mauro Mendes discute com a indígena Sonia Guajajara – Foto: reprodução

Após um bate-boca entre o governador Mauro Mendes (DEM) e a indígena Sônia Guajajara em Nova York (EUA) sobre queimadas e mortes de indígenas em Mato Grosso, o Governo do Estado divulgou, nesta quarta-feira (25), dados que apontam registros de dois assassinatos em 2018. Sônia afirmou que o Estado ocupa o quarto lugar em mortes de indígenas e citou 25 homicídios.

De acordo com o Governo, os dados constam em relatório produzido pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), um organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A divulgação do relatório, é para desmentir as informações de Sônia Guajajara que esteve em Nova York como representante da Articulação de Povos Indígenas do Brasil (Apib).

Um vídeo da discussão entre o governador e a liderança indígena nos Estados Unidos divulgado pela coluna do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, mostra Mendes chamando-a de mentirosa e ressaltando que ela não mora em Mato Grosso.

Imagem: aldeia indígena
Aldeia indígena da etnia Paresi – foto: Secom-MT

Ele ressalta que ela precisa conhecer a realidade mato-grossense antes e não falar mentiras se quiser debater sobre queimadas e mortes de indígenas registradas no Estado. O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e a secretária Estadual de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, também presenciam o bate-boca. Por lá, eles participaram da Cúpula do Clima, evento organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Conforme o Governo do Estado, o relatório do Cimi intitulado “Violência contra os povos indígenas no Brasil”, mostra que o campeão em homicídios contra indígenas em 2018 foi o estado de Roraima (62), seguido de Mato Grosso do Sul (38), Paraná (8), Ceará (7) e Amazonas (6).

O documento foi elaborado com base em dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), secretarias estaduais de saúde, dentre outros órgãos oficiais.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.