Imagem: PGE
PGE ingressou com mais uma ação em nome do Estado junto ao Supremo – Foto: Reprodução /Gcom – MT

A saga do Governo de Mato Grosso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não ser prejudicado por causa de dívidas e assim conseguir empréstimo e recursos federais que possam aliviar a situação crítica das finanças, ganhou mais um capítulo.

Novamente, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) recorreu ao Supremo com ação contra o Governo Federal. Dessa vez, para retirar Mato Grosso do cadastro de inadimplentes do Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias – SIAFI/CAUC/SICONV.

A restrição, se não for derrubada, pode impedir a conclusão do empréstimo de 250 milhões de dólares que o Estado vem travando uma dura batalha há meses para conseguir . E ainda pode impedir o recebimento de R$ 1,1 bilhão de recursos federais gerando prejuízos a todos os mato-grossenses.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.