Imagem: zé do pátio
Prefeito Zé do Pátio diz que vai tratar de reeleição na hora certa – Foto: Welington Sabino / AGORA MATO GROSSO

A um ano das eleições municipais de 2020, lideranças políticas e dirigentes de vários partidos já estão promovendo atos de filiação, conversando com possíveis aliados e traçando estratégias para a disputa eleitoral. Em Rondonópolis (MT), o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), pelo menos publicamente, evita comentar sobre uma possível reeleição.

“Eu vou colocar na mão de Deus. Na hora certa nós vamos definir”, desconversou Pátio quando questionado pela reportagem do AGORA MATO GROSSO sobre suas articulações em busca de mais um mandato.

Por outro lado, já tem partidos, a exemplo do MDB do deputado estadual Thiago Silva e DEM, sigla que deve receber o vereador Thiago Muniz (hoje no PDT), se aproximando. Eles costuram apoios para um possível arco de aliança de olho no comando de Rondonópolis, que ocupa hoje o segundo lugar na economia do Estado, perdendo apenas para Cuiabá. A intenção é inviabilizar a reeleição de Zé do Pátio.

Sobre essa articulação de legendas e lideranças próximas de políticos importantes como o ex-prefeito Percival Muniz, tio do vereador Thiago Muniz, Zé do Pátio também desconversa. “Eu por enquanto não tenho adversários, todos são aliados”, disse o prefeito arrancando gargalhadas de pessoas que o acompanhavam em sua visita à Assembleia Legislativa na última terça-feira (10) onde prestou depoimento na CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.