Imagem: Selma Arruda
Senadora Selma Arruda durante ato de filiação ao PSL em Cuiabá – Foto: reprodução/Instagram

A senadora Selma Arruda (PSL) usou dinheiro público, das verbas do Senado, para participar de atos partidários em busca de filiados ao Partido Social Liberal em Mato Grosso. A verba do Senado é para exercício da atividade parlamentar, o que não inclui eventos em prol de partidos políticos.

A informação foi divulgada pela Revista Época nesta quinta-feira (5) que destaca na coluna do jornalista Guilherme Amado, que nos atos do PSL em Cuiabá, Sorriso e Sinop, nos dias 16 e 17 de agosto, a senadora participou juntamente com assessores e pagou as despesas com a verba do Senado.

Em Sinop, foram utilizados R$ 659 no pagamento da conta do hotel. Ela também utilizou R$ 662 de combustível, R$ 94 de alimentação e R$ 1.734 com o voo de Brasília para Sinop, com escala em Cuiabá, na sexta-feira, dia 17 de agosto.

Oriunda do Judiciário, Selma Arruda foi eleita sob forte discurso anticorrupção e ficou conhecida como “Moro de saias”. Em abril deste ano, teve o mandato cassado pelo TRE-MT, por caixa 2 e abuso de poder econômica e recorre ao TSE para manter o mandato.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.