Imagem: Bibi Perigosa de VG
Bibi Perigosa de VG – Foto: divulgação

Mulher de integrante de facção criminosa é presa ao entregar chinelo ‘recheado’ com dois micros celulares durante audiência nesta quinta-feira (10), dentro do Fórum de Cuiabá.

Cleiza de Lima, 30 anos, que é fisioterapeuta e popularmente conhecida no mundo do crime como “Bibi Perigosa de VG”, é companheira de Brendon Kayke Vieira Dutra, 23 anos, que é membro comando vermelho.

Ele cumpre pena na Penitenciaria Central do Estado (PCE) por tráfico de drogas e homicídio e foi em uma audiência na 12ª Vara Criminal de Cuiabá.

Na volta para a cadeia, os agentes desconfiaram da atitude do detento ao receber o chinelo. Em revista rápida, foi encontrado dois aparelhos enrolados com fitas durex dentro do calçado levado pela “Bibi Perigosa”.

A suspeita foi presa ainda em flagrante nas imediações do órgão e encaminhada à Polícia Civil.

Alta periculosidade

Brendon é considerado bandido de alta periculosidade. Ele, segundo a polícia, é matador frio e integrante do CV desde os 16 anos.

Conforme apurou o AGORA MATO GROSSO, Brendon já foi condenado a 25 anos em regime fechado pelo assassinato do cabo policial militar Marcos Antônio da Silva e balear três vezes um comerciante durante um assalto no bairro Cristo Rei em 2014.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.