Imagem: viatura da PM
Suspeito foi preso e levado para a Central de Flagrantes de Cuiabá – Foto: Leticia Kathucia/ AGORA MATO GROSSO

Homem foi preso no bairro Novo Colorado, em Cuiabá, suspeito de ter estuprado filho de 3 anos, enquanto a mãe da criança não estava em casa. A vítima reclamava de dor no ânus e relatou à genitora que pai teria enfiado o dedo em sua parte íntima.

A Polícia Militar foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para atendimento de ocorrência de estupro. Chegando no local, policiais foram informados pela mãe da criança de apenas 3 anos de idade, que ela havia saído e quando chegou o filho reclamou de dor no ânus.

Ao analisar a região íntima da criança, foi constatada uma vermelhidão.  Na delegacia, em conversa com o filho, os policiais descobriram que o próprio pai do garoto foi o responsável pelo estupro.

O suspeito que teve apenas as iniciais divulgadas, A.S.S., foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes da Capital. O homem não apresentou resistência. Procuradas pela reportagem, tanto a Polícia Militar como a Civil não informaram se o suspeito negou ou confessou o crime. A prisão dele foi mantida e deve passar pela audiência de Custódia ainda nesta segunda-feira (7).

Dados da Delegacia Especializada nos Direitos da Criança e Adolescente (Dedica), apontam que no primeiro semestre deste ano, 98 casos de estupro de vulnerável foram registrados em Cuiabá. Isso significa que a cada 2 dias, uma criança é estuprada na capital mato-grossense.

Na semana passada, um professor de Educação Física foi afastado das salas de aula, após denúncia que o coloca como suspeito de estuprar uma aluna de 7 anos. A situação foi constatada na Escola Municipal São Sebastião, que fica no bairro de mesmo nome em Cuiabá.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.