Imagem: acusado de matar jornalista
Local onde o jornalista foi morto e o suspeito pelo homicídio – Foto: João Vieira/Gazeta Digital

Foi preso na noite desta terça-feira (1º) pela Polícia Militar, em Cuiabá, o acusado de assassinar o jornalista e escritor Marcelo Leite Ferraz, de 38 anos. O corpo da vítima foi encontrado em um terreno baldio no bairro Bosque da Saúde, na última segunda-feira, 30. O suspeito é Jonh Lennon da Silva, 21, conhecido como “Branquinho”.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, ele teria confessado como motivação para o crime uma dívida de droga no valor de R$ 3. Ele foi levado para a Central de Flagrantes e entregue à Polícia Civil para ser ouvido na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Imagem: acusado de matar jornalista
Jonh Lennon da Silva é acusado de matar jornalista – Foto: divulgação

Conforme a PM, uma equipe recebeu informações sobre uma testemunha do crime. Em diligências, a guarnição conversou com a testemunha que atende por “Marquinhos”, que relatou que teria ouvido do próprio suspeito a ocorrência do crime. Marquinho disse ainda a polícia que uma outra testemunha teria presenciado a confissão do suspeito. Após as confirmações a guarnição se deslocou a procura de “Branquinho”, apelido de Joh Lennon.

Segundo a segunda testemunha, o suspeito disse que precisava usar uma droga porque havia acabado de matar uma pessoa. Questionado o porque teria feito, branquinho disse que a vitima teria comprado uma porção de enternecentes no valor de R$ 3, e que após o consumo, Marcelo revelou que não tinha dinheiro pra fazer o pagamento.

Diante do fato o suspeito se irritou e desferiu golpes de faca na cabeça do jornalista. Branquinho foi localizado logo em seguida pelos policiais e encaminhado à Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.