Imagem: Misael Galvão
Vereador Misael Galvão vai deixar o PSB para se filiar ao PTB – Foto: assessoria

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PSB), obteve autorização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) para deixar o partido e não correr o risco de ter o mandato contestado por dirigentes da sigla. Com a decisão favorável, ele vai se filiar no Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Misael fez uma consulta à Corte Eleitoral porque pretende se desfiliar do partido pelo qual foi eleito fora da janela partidária e tinha receio de que pudesse ter o mandato contestado depois. No TRE, a decisão foi por unanimidade entre os  juízes e desembargadores que se manifestaram favoráveis na consulta feita pelo advogado Rodrigo Cyrineu, que representa o vereador.

Conforme o jurista, o acórdão deve ser publicado até a próxima semana e, só então, Galvão estará autorizado a fazer a mudança.

Procurado pelo AGORA MATO GROSSO, Misael argumentou que sua desfiliação do PSB não é por nenhum motivo político. Ele se diz “grato” ao PSB e tece elogios ao presidente estadual da sigla, o deputado Max Russi.

Misael também negou que a sua mudança de partido seja para ser vice do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) numa eventual disputa à reeleição em 2020. Porém, conversas de bastidores, inclusive dentro da Câmara, apontam que o parlamentar pode ser o vice de Pinheiro nas eleições do próximo ano.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.