25 de outubro de 2020
Mais
    Capa Destaques Rondonopolitano tem WhatsApp clonado e golpista pede dinheiro a colegas de trabalho
    APLICATIVO

    Rondonopolitano tem WhatsApp clonado e golpista pede dinheiro a colegas de trabalho

    Para evitar complicações futuras, a vítima registrou um Boletim de Ocorrência

    Um rondonopolitano de 43 anos, foi mais uma vítima do golpe de clonagem do WhatsApp. Nesta segunda-feira (28), ele procurou a 1ª Delegacia de Polícia Civil para registrar um Boletim de Ocorrência (BO), após perceber que outra pessoa estava se passando por ele no aplicativo de mensagens.

    Segundo informações da Polícia, o homem teria publicado o número do telefone junto a uma postagem de venda de um veículo na internet. Logo depois, o filho dele ligou e disse que o mesmo estava com umas conversas “estranhas”.

    Um colega de trabalho também ligou para vítima, perguntando se a mesma estava precisando de dinheiro emprestado, pois por meio de mensagens, ela teria pedido uma quantia de R$ 1.500 reais.

    Ao perceber que o número do aplicativo havia sido clonado, o homem alertou outras pessoas do grupo de trabalho como também familiares.

    Para evitar complicações futuras, a vítima ainda registrou um Boletim de Ocorrência.

    Segundo pesquisa realizada pela PSafe, desenvolvedora de aplicativos de segurança, o crime de clonagem de WhatsApp já atingiu 8,5 milhões de brasileiros. O levantamento mostra que, a cada dia, 23 pessoas são vítimas dessa modalidade de golpe em todo o país.

    Vazamento de conversas privadas, envio de links maliciosos para outros contatos e solicitações de dinheiro aos amigos estão entre os principais prejuízos trazidos pela clonagem do mensageiro.

    Apesar de não ser inédito, o golpe ganhou destaque este ano no Brasil devido aos inúmeros relatos de usuários que foram vítimas de cibercriminosos.

    Somente no primeiro semestre de 2019, foram registradas mais de 134 mil tentativas de roubo de WhatsApp. Sessões ativas desconhecidas no WhatsApp Web e atividades suspeitas na conta podem ser indícios de que o mensageiro está sendo clonado.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS