Imagem: cao cancer rifa close
Doze e Danilo – Fotos: reprodução / Instagram

Um torcedor do Flamengo está rifando seu precioso ingresso para a partida Flamengo x Grêmio por uma causa nobre: tratar o cachorrinho dele, que acaba de ser diagnosticado com um câncer agressivo.

Danilo Mello é do Rio de Janeiro. Sem dinheiro para o tratamento, ele criou uma campanha eletrônica no Vakinha e explicou: “Doze está com câncer. Não é operável. Precisamos iniciar o tratamento com radio e quimioterapia, pra ele ter uma chance de melhorar. O custo é caro, aproximadamente R$ 7.000,00”, escreveu no Facebook.

A namorada, Renata, contou em entrevista ao SóNotíciaBoa que o “Danilo é um alucinado pelo Flamengo, ele passa mal e tudo… ele larga tudo pra ir ao Maracanã”, mas deixou o jogo de lado para cuidar do Doze.

Por isso ele decidiu pedir ajuda: “Estou rifando meu ingresso do jogo da semifinal da libertadores*… *FLAxGRE*. Será que conseguimos?”, perguntou.

O cãozinho

Danilo, que é ator, conta que Doze é um vira-lata jovem, que foi resgatado das ruas.

Ele tem esse nome porque foi resgatado no dia 01/12/2012.

“Ele chegou pra gente quando era filhote. Postaram no Facebook o anúncio da doação e no momento em que eu vi, fiquei nervosa, foi amor à primeira vista mesmo”, contou Renata.

Danilo explica que o cãozinho tem sangue sharpei.

“[Ele é] Parente de algum sharpei, que foi resgatado com 60 dias, perdido pela rua. Hoje tem 5 anos, ama muito bolinhas, odeia pombos e fogos…”

A doença

Ele explica a doença do bichinho:

“Mesmo tão “xovem”, tem um problema: está com câncer, um mastocitoma grau III. Não é operável. Ele precisa de radio e quimio, um tratamento muito caro e não temos muito tempo”.

Renata diz que o caso é grave.

“O câncer dele é um tipo agressivo, que tem grande chance de espalhar. Ele tem mistura com sharpei e o sharpei tem muita tendeência a ter problema com esse tipo de câncer. Ele não pode operar porque está no queixo dele… Teríamos que tirar a mandíbula. O tratamento com radiorerapia é a melhor chance de fazer com que não espalhe. Mas o tempo é curto. O tumor pode crescer em questão de dias”, conta.

Outro problema é o preço do tratamento.

“Cada sessão custa R$ 900 e pouco e só tem na Onco Pet, na Barra [da Tijuca], que nos atendeu muito bem..mas os valores são altos”, lamenta.

O ingresso

A apelo de Danilo tem endereço certo: os torcedores rubronegros, mas vale também para gremistas e outros apaixonados por futebol:

“Se você… não tem como contribuir, pode ajudar a divulgar ‘praquele’ amigo #flamenguista. Pra nossa sorte tem alguns milhares deles por aí”, escreveu.

Danilo diz que qualquer contribuição pode ajudar Doze e essa doação dará uma chance ir ao jogo do dia 23/10.

“A vakinha se encerrará dia 18/10, data em que faremos o sorteio, com todos doadores, em chances iguais. O ingresso será entregue em mãos, a combinar”, promete.

Dos R$ 7 mil que precisa, ele conseguiu pouco mais de R$ 1.900 até o fechamento desta matéria, menos de 30 por cento.

Vamos ajudar?

Para doar clique aqui.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.