Imagem: giroflex
Confusão foi registrada após policiais prenderem dois jovens suspeitos por tráfico de drogas – Foto: divulgação/PM

Advogada de 28 anos foi presa em flagrante acusada de desacatar policiais militares em uma ocorrência de tráfico de drogas, em Campo Verde (MT). A mulher estaria inconformada com a prisão de dois jovens acusados por tráfico de drogas, sendo que um deles é irmão dela. De acordo com a Polícia Militar, ela esfregou a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil no rosto de um dos policiais que atenderam a ocorrência.

Por isso foi presa em flagrante. Segundo o boletim de ocorrência n° 2019.334780, os policiais militares faziam rondas e viram uma motocicleta com o farol desligado e dois homens em atitude considerada suspeita.

Os policiais ficaram observando a dupla e depois fizeram abordagem. Nesse momento, segundo consta no relato do boletim de ocorrência, os suspeitos de 19 e 21 anos, jogaram uma sacola com sete porções de maconha. Ambos foram presos em flagrante e seus nomes não foram divulgados.

Depois, narra o documento policial, a advogada chegou visivelmente nervosa e agressiva pedindo a soltura do irmão, um dos presos acusados de ser traficante.

No documento policial consta que ela disse aos militares ser advogada e chegou a “esfregar a carteira profissional no rosto do policial”. Os três foram encaminhados para a delegacia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.