Guilherme Moraes de Sousa, 19 anos, Maxsuel Henrique de Lima, 27 anos, e dois menores foram conduzidos para delegacia na noite desta terça-feira (14). Os maiores devem responder porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. Os suspeitos foram detidos durante rondas pelo bairro Conjunto São José, em Rondonópolis (MT).

Uma equipe do Comando de Ação Rápida (CAR), realizava patrulhamento pela região quando encontrou o grupo andando por uma rua do bairro, próximo a igreja São José Esposo. Ao abordar o suspeito Guilherme Moraes, os policiais encontraram um revólver calibre 38 e 04 munições intactas.

Imagem: Armas e celulares apreendidos pela Polícia Militar
Revólver e simulacro apreendidos pelo Comando de Ação Rápida – Foto: Divulgação/ PMMT

Durante a captura dos outros indivíduos, os policiais apreenderam um simulacro de arma de fogo. Um dos adolescentes apreendidos confessou ser foragido do Centro Socioeducativo de Rondonópolis.

Durante checagem do revólver apreendido, consta ter registro em nome de uma policial civil da cidade de Cruz Alta, Rio Grande do Sul.

As informações constam no Boletim de Ocorrência Nº 2019.339940

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.