20 de outubro de 2020
Mais
    Capa Notícias Brasil Dona perdoa aluguel de casal desempregado no Natal e viraliza
    SOLIDARIEDADE

    Dona perdoa aluguel de casal desempregado no Natal e viraliza

    Imagem: carta
    Carta – Foto: reprodução / Instagram RosandroKlinjey

    Um bilhete de perdão do aluguel, cheio de generosidade, compaixão e empatia, encheu nosso coração de alegria e vai tornar o Natal de uma família desempregada mais feliz.

    Joice Souza, uma dona de imóvel, escreveu uma cartinha dizendo que não vai cobrar o aluguel de dezembro de dona Neusa, sua inquilina.

    Ela agradeceu o fato de o casal ter feito o pagamento dos alugueis em dia, mesmo estando sem emprego e disse: “Eu quero oferecer-lhes um presente. Não paguem o aluguel do mês de dezembro. Utilizem esse dinheiro para passarem um feliz e maravilhoso Natal em família com os seus filhos”.

    O bilhete, divulgado nesta quinta, 21, no perfil do escritor e psicólogo Rossandro Klinjey no Instagram não informa de onde é a dona Joice Souza.

    A postagem teve mais de 38 mil curtidas e 2 mil comentários em menos de 24 horas.

    “Muitas vezes o alento e a compaixão que tanto precisamos vem de onde menos se imagina. A pessoa que escreveu a carta, com certeza não imaginava que ela iria viralizar na internet”, escreveu o psicólogo.

    “Talvez a única intenção tenha sido a de alentar esses dois corações angustiados pelas dificuldades da vida. E isso me faz pensar que tantas vezes nos fixamos nas más notícias que ganham o mundo no noticiário, e poucas vezes enxergamos o bem que é feito bem ao nosso lado”, completou.

    “Somos verdadeiros agentes do bem, e as nossas ações são capazes de transformar vidas, começando pelas nossas. Esta carta nos mostra que não precisamos apenas de grandes gestos para inspirar pessoas e promover o bem, basta fazê-lo com amor”, analisou.

    No final do post, Rossandro deixou um recado:

    “Talvez você não tenha um aluguel para dispensar, mas o amor que você pode dar hoje pode ser tudo o que alguém mais precisa”, finalizou.

     

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS