Imagem: whatsapp image 2019 11 27 at 07.11.24 1
Vítima teria trocado mensagens com mulher casada e marido descobriu – Foto: PJC

A Polícia Civil prendeu um casal nessa terça-feira (26) suspeito de matar e jogar o corpo de João Paulo Souza Rosa, 23 anos, ribanceira abaixo, no Parque Serra Azul em Barra do Garça (MT). O corpo dele foi jogado em uma altura de 17 metros na região de trilhas das cachoeiras. O cadáver estava em um local de difícil acesso, em uma área de mata

De acordo com a Polícia Civil, o crime teve motivação passional. João teria trocado mensagens pelo celular com uma mulher de 29 anos, e o marido dela, de 43 anos, encontrou as mensagens e armou uma emboscada. Os nomes do casal não foram divulgados pela Polícia Civil.

A mulher marcou um encontro com o rapaz, que acabou morto por asfixia, após um golpe conhecido como “mata leão”. O casal foi preso após testemunhas relatarem que viram a dupla carregando o corpo até a cachoeira. O casal confessou o crime à polícia. Eles vão responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. A Polícia Civil continua investigando o caso que está sob responsabilidade do delegado Heródoto Fontenele.

Outro caso

A Polícia Civil investiga a morte de um homem, ainda não identificado, que teve o encontrado na tarde de terça-feira (26), em um terreno usado como lixão em Juscimeira (MT). A vítima tinha sinais de espancamento.

De acordo com as informações locais, uma denúncia anônima chegou via 190 relando que um corpo foi desovado na região.

A PM encontrou o cadáver já em decomposição escondido em meio a sacos de lixo. A vítima é um homem aparentemente moreno, careca e com altura mediana. Ele não portava qualquer documento de identificação. A Polícia Civil investiga o caso.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.