22 de outubro de 2020
Mais
    Capa Notícias Brasil Maus-tratos contra animais são frequentes, mas poucos denunciam
    MUNDO ANIMAL

    Maus-tratos contra animais são frequentes, mas poucos denunciam

    Pesquisa do Ibope feita com internautas revelou que a maioria já presenciou maus-tratos contra animais, mas só 17% denunciaram a prática

    Imagem: 252y1ay99n 6u0yvryn32 file
    Basta andar pelas ruas para constatar que animais abandonados se multiplicam – Foto: Reprodução

    Uma pesquisa feita com 2 mil internautas brasileiros aponta que 92% já presenciaram maus-tratos contra animais e que somente 17% denunciaram as práticas. A Organização Mundial da Saúde estima que existam mais de 30 milhões de cães e gatos no Brasil.

    Os dados também mostraram que 82% dos entrevistados afirmaram estar engajados com a causa animal e que, além disso, 67% dos internautas pesquisados afirmam já ter presenciado animais abandonados em suas cidades.

    Por outro lado, apenas 32% afirmaram já ter feito o resgate de animais e somente 30% adquiriram seus pets em eventos de adoção, apesar de 44% das pessoas argumentarem que a melhor forma de ter seu primeiro pet seria adotando.

    Os dados colhidos apontam ainda que 74% dizem que entregariam seu animal para adoção se realmente não tivessem condições de continuar com ele e que a falta de espaço e custos elevados são causas apontadas para não ter mais o animal de estimação.

    A pesquisa foi realizada pelo Ibope, a pedido do Carrefour, para conhecer melhor os problemas de abandono e maus-tratos de animais no Brasil, como parte de uma série de ações da empresa em prol da causa animal, depois de um caso de espancamento de um cão ganhar grande repercussão em todo o país.

    Segundo a empresa, a iniciativa já beneficiou mais de 6.000 animais com ações de doação de ração, adoção e castração e incluiu um programa de treinamento para seguranças e funcionários da empresa lidarem com animais em situação de vulnerabilidade das unidades da companhia.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS