27 de outubro de 2020
Mais
    Capa Notícias Brasil Menino órfão pede ao Papai Noel milho para alimentar amigo cavalo
    AMOR

    Menino órfão pede ao Papai Noel milho para alimentar amigo cavalo

    E tem tanto cuidado com ele que arranca a grama do chão e dá na boca do animal

    Imagem: menino orfao cavalo close
    Pedro Zilch, 11 anos – Foto: Lula Helfer

    Um menino órfão de 11 anos, que perdeu a mãe para o câncer no ano passado, fez um pedido diferente e comovente ao Papai Noel. Pedro Zilch, pediu milho para alimentar o grande amigo dele, o cavalinho Gateado.

    No texto escrito à mão, Pedro pede dois sacos de milho, um pelego – peça típica dos arreios gaúchos – uma rede de pesca, um saco de ‘bolitas’ e um “telefone de mexer na tela”.

    “Os sacos de milho quero dar para o Gateado. O pelego é para poder montar de forma mais fácil, e quero tirar fotos dele com o telefone. O saco de bolitas é para dar ao meu irmãozinho, e a rede de pesca é para ir com o meu pai pescar no açude”, explicou o menino à Gazeta do Sul.

    Imagem: menino orfao cavalo 2 e1574338434275
    Pedro e o amigo Gateado – Foto: Lula Helfer

    E deu certo. Pedro já teve seus pedidos realizados. “A população se comoveu e o Pedro já ganhou tudo o que ele pediu, o milho, as bolitas, o pelego, e o celular que veio de um doador de Brasília, mais cestas básicas, medicação para o cavalo, orientação de veterinários”, contou Tatiane Calderaro Lucki, assistente social da Aesca, em entrevista ao SóNotíciaBoa.

    A Aesca é a Associação de Projeto Educacional e Social para Crianças e Adolescentes (Aesca), que Pedro frequenta no turno inverso aos estudos.

    “As crianças pediram inúmeras coisas, como roupas, tênis, brinquedos, mochilas e materiais escolares diversos. No entanto, a carta do Pedro não pedia presentes, mas sim materiais para atender às necessidades da sua família e do seu cavalinho”, contou a recreadora Roriane Peres Chagas, que recebeu a cartinha na Aesca.

    História

    Desde que a mãe partiu, Pedro Zilch divide as responsabilidades da casa onde mora com o pai Isidor Renê Zilch e os irmãos Isidor filho de 7 anos, e Mateus, de 14.

    Eles vivem no Loteamento Beckenkamp, uma área carente que fica em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. A casa da família é de madeira e papelão.

    O pai dele trabalha colhendo fumo em Passo do Sobrado, e Pedro, além dos afazeres da casa, estuda no terceiro ano na Escola Harmonia.

    A cartinha que ele escreveu foi para uma atividade da Aesca, proposta pela empresa Philip Morris, que vai apadrinhar pedidos das crianças neste Natal.

    Viralizou

    Emocionada com o texto de Pedro, a recreadora Roriane tirou uma foto da cartinha do menino e a repassou aos parentes, que possuem forte ligação com o tradicionalismo.

    “Eles se comoveram com os pedidos do Pedro e começaram a encaminhar para vários grupos de WhatsApp, de modo que viralizou”, afirmou.

    A coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Beckenkamp, Veridiana Knod da Rocha, disse que a cartinha sensibilizou muita gente.

    “Diante da repercussão da carta do Pedro, muitas doações já estão sendo encaminhadas”, comemorou.

    O amigo cavalo

    O cavalo Gateado é o amigo que ajuda Pedro a sonhar longe da vida difícil que a família tem.

    O menino desfila pelas ruas do Loteamento Beckenkamp com o cavalinho de um ano e meio.

    E tem tanto cuidado com ele que arranca a grama do chão e dá na boca do animal.

    A água para ele também é colocada cuidadosamente em um balde.

    “Até mesmo o celular, único objeto de maior valor pedido por ele, tem o objetivo de tirar fotos do Gateado”, lembrou o assistente administrativo da Aesca, André Rocha.

    “O protagonismo do Pedro faz parte do trabalho, fazendo dele uma história aqui do local e realçando as ações que são realizadas por nós junto a outras 700 crianças da cidade, a maioria em vulnerabilidade social.”

    Para ajudar as crianças que frequentam os serviços de convivência ligue para (51) 3719 5159.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS