26 de outubro de 2020
Mais
    Capa Notícias Política Projeto de lei permite parcelar faturas de água e luz atrasadas no...
    EM CASO DE CORTE

    Projeto de lei permite parcelar faturas de água e luz atrasadas no cartão

    Imagem: 15c6892c98a02ada919d25a9a8955ac7
    Deputado afirma que corte de água e energia é meio de coagir consumidor a pagar faturas pendentes – Foto: reprodução

    Concessionarias de água e energia elétrica devem oferecer ao consumir a opção de pagar suas contas no cartão de débito ou crédito, antes de suspender o fornecimento.

    Esse é o teor do projeto de lei (PL 1187/2019) de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) protocolado no dia 7 deste mês na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

    O projeto ainda precisa tramitar nas comissões internas e receber os devidos pareceres para depois ser colocado para votação em plenário. Se aprovado, precisa ser sancionado pelo governador Mauro Mendes (DEM) para só então virar lei.

    Ao PORTAL AGORA MATO GROSSO, o deputado disse, que a máquina do cartão será obrigatório dos agentes concessionários que efetuem as suspensões de fornecimento. A possibilidade de pagamento deverá ser ofertada no mesmo dia e em momento anterior à suspensão do serviço.

    Imagem: Wilson Santos
    Deputado Wilson Santos – Foto: assessoria/ALMT

    O parlamentar ressalta que o corte do serviço de água ou energia é um meio de coagir o consumidor a efetuar os pagamentos pendentes. Diante disso, segundo ele, cabe à concessionária assegurar facilidades para que esses débitos pendentes sejam devidamente pagos.

    “Ofertar meio de pagamento a fim de evitar a suspensão dos serviços coaduna-se perfeitamente com o objetivo, além de evitar o retrabalho por parte da empresa (desativar e reativar o serviço), bem como preserva a dignidade do consumidor, que já se encontra em situação financeira complicada”, justifica Wilson Santos.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS