Imagem: Carlos Avalone
Deputado Carlos Avalone – Foto: divulgação

Na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Carlos Avalone (PSDB) está bastante preocupado diante do risco que corre de perder o mandato eletivo. Nas eleições de 2018 ele só alcançou a suplência, mas com a ida de Guilherme Maluf para o TCE-MT, herdou a vaga em fevereiro deste ano.

Acontece que tramita no TRE-MT uma ação de cassação de mandato por suspeita de compra de votos envolvendo o tucano. A preocupação é tanta que mesmo sem condenação na Justiça Eleitoral mato-grossense o parlamentar já recorreu a Brasília para tentar barrar o processo.

Recebeu o sonoro não, dito de forma unânime pelo Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última terça-feira (19). Com isso, o processo continua tramitando no TRE.

A ação envolve a apreensão de R$ 89,9 mil e santinhos de Avalone transportados por dois homens flagrados em um veículo na BR-070, região de Cáceres (MT) no dia 4 de outubro do ano passado, véspera da eleição.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.