Imagem: advogado Marcos Dantas
Advogado Marcos Dantas – Foto: divulgação

Morreu em Cuiabá, vítima de um infarto fulminante, o advogado trabalhista Marcos Dantas, aos 57 anos. Ele participava de uma confraternização com amigos num bar da Capital na noite desta terça-feira (3) quando passou mal e foi levado às pressas para o Pronto-Socorro de Cuiabá.

No entanto, já chegou morto à unidade de saúde de modo que os médicos nada puderam fazer.

Bastante querido no meio jurídico e jornalístico, Marcos Dantas já foi conselheiro estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT) e compôs lista tríplice para a vaga de desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região.

Ele atuou por vários vários anos como assessor jurídico do Sindicato dos Jornalsitas de Mato Grosso (Sindjor-MT) e também representou o Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais de Mato Grosso por anos.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) lamentou a morte do advogado. “A advocacia mato-grossense perde um grande profissional que sempre trabalhou em defesa das diversas lutas da categoria. Pessoa humilde, de grande caráter, com toda certeza Dantas fará muita falta não só para seus familiares, amigos, mas para toda sociedade”, disse Pinheiro.

Aos familiares e amigos, o gestor expressou suas condolências. “Neste momento de dor que Deus possa confortar o coração de todos para que continuem seguindo em frente. Meus sinceros sentimentos a todos”.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.