Imagem: Delegacia Nova Bandeirantes
Delegacia da PJC de Nova Bandeirantes que investigou crime encomendado por advogado – Foto: divulgação

Um advogado foi preso na manhã desta quarta-feira (4), apontado como mandante de um roubo ocorrido em Nova Bandeirantes (MT), onde as vítimas foram sua ex-esposa e filha de 13 anos. O nome dele não foi divulgado pela Polícia Civil.

Segundo as investigações, o crime foi motivado após a separação do casal, quando a vítima não aceitou reatar o relacionamento com o suspeito. Por não aceitar o término, o advogado arquitetou o assalto visando o prejuízo patrimonial e psicológico, para fragilizar e convencer a vítima a voltar para o casamento.

Os dois bandidos (pai e filho) contratados pelo advogado entraram na casa das vítimas (ex-mulher e filha), que foram rendidas e trancadas no banheiro. Na ação criminosa, os suspeitos subtraíram joias, aparelhos celulares, notebook e um carro HB20.

Durante a fuga, o suspeito que conduzia o veículo roubado capotou o automóvel na Rodovia MT 208. Ambos executores do roubo foram presos e em interrogatório, apontaram o advogado como o mandante do crime mediante promessa de recompensa.

Diante dos indícios, a Polícia Civil representou pela prisão do advogado e de busca e apreensão na casa e no escritório do investigado. A Justiça acolheu e decretou a preventiva do suspeito. Ele está a disposição do Poder Judiciário.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.