17 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Após desaparecimento, suspeito de manter jovem em cárcere privado é preso em...
    LOCALIZADA

    Após desaparecimento, suspeito de manter jovem em cárcere privado é preso em São Lourenço de Fátima

    A jovem afirma que foi abusada sexualmente por várias vezes

    Um caso de desaparecimento no Distrito de São Lourenço de Fátima chegou ao fim neste domingo (01). Uma jovem de 16 anos foi localizada, após segundo ela, ter sido mantida em cárcere privado pelo próprio vizinho desde agosto desse ano. O suspeito identificado por José Pereira Lopes foi preso e encaminhado para Delegacia da Polícia Civil de Juscimeira.

    Imagem: SUSPEITO DE CARCERE PRIVADO
    Suspeito detido pela Polícia Militar por cárcere privado e porte ilegal de arma – Foto – PMMT

    De acordo com informações, a Polícia Militar foi acionada pela tia da adolescente após ela conseguir fugir da casa do acusado.

    Na casa do suspeito, os policiais encontraram roupas femininas, tintas de cabelo, um aparelho celular e 3 cartas escritas pela jovem. Já em outros cômodos foram encontrados mais três celulares, uma quantia de aproximadamente R$ 1.100,00 e alguns cheques, uma fita crepe do tipo larga, um notebook, e uma espingarda cal.22 sem numeração.

    Imagem: Arma celulares e objetos apreendidos com o suspeito pela Polícia Militar
    Objetos localizados na casa do suspeito – Foto: Divulgação/ POLÍCIA MILITAR MT

    Ao questionar o suspeito sobre a menina, ele relatou que a garota estava presa em sua residência desde o dia 30 de agosto. O homem também afirmou que tinha conhecimento que estavam à procura dela.

    Imagem: Objetos apreendidos com o suspeito pela Polícia Militar
    Roupas femininas apreendidas na casa do suspeito – Foto: Divulgação/ POLÍCIA MILITAR MT

    Conforme o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Candido, o suspeito disse ainda que durante esse período, forneceu bebida alcoólica para a adolescente. A jovem afirma que foi abusada sexualmente por várias vezes.

    Ainda de acordo com o tenente-coronel Candido, quando a Polícia Militar chegou na residência do acusado, mais de 100 pessoas estavam nas proximidades tentando linchar o suspeito.

    Diante dos fatos, o suspeito foi preso e deve responder pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e cárcere privado.

    A jovem, juntamente com a tia, foram encaminhadas para o Conselho Tutelar.

    As informações constam no Boletim de Ocorrência N°: 2019.359105.

     

     

     

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS