22 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Balança de pesagem evita que 500 toneladas de carga trafeguem na BR-163...
    FISCALIZAÇÃO

    Balança de pesagem evita que 500 toneladas de carga trafeguem na BR-163 de forma irregular

    Excesso de peso pode causar o desgaste prematuro da rodovia federal

    No ano de 2019, a balança de pesagem localizada na BR-163, em Rondonópolis, evitou que quase 500 toneladas de carga em excesso percorressem pela BR-163. Os registros da a Rota do Oeste e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), indicam que neste período, foram feitas 114 operações de pesagens,presenciais e de modo remoto. Neste segundo caso, o agente analisa a documentação mesmo se estiver distante da base.

    O gerente de Operações da Concessionária, Wilson Ferreira, explica que rodar no trecho sob concessão com carga além do limite permitido é um risco para a segurança viária. “Os veículos são projetados para transportarem uma certa quantidade de carga, ultrapassar esse limite pode comprometer a estabilidade do caminhão, podendo fazer com que o motorista perca o controle ocasionando acidentes”.

    Portanto, quem trafega com uma carga superior ao limite permitido para o seu veículo, expõe a sua vida e a de outros usuários. “O ato compromete a eficiência do caminhão, pois sobrecarrega os freios, fazendo com que o motorista tenha dificuldade ou demore mais do que o ideal para parar. Além disso, o excesso de peso pode causar o desgaste prematuro do pavimento”, diz Ferreira.

    Os dados mostram que a fiscalização é necessária. Ao todo foram 2.620 embarcadores autuado se o maior excesso registrado foi de 15 toneladas. A Rota do Oeste contabilizou também que, no período analisado, mais de 130 mil veículos passaram pela balança seletiva(que avalia o peso bruto total) e outros 30 mil pela balança de precisão (que analisa o peso por conjunto de eixos).

    Quando identificado que há peso em excesso em apenas um vagão, pode ser solicitado que a carga seja remanejada entre os outros vagões para que possa seguir viagem. O transbordo acontece quando o peso total passa do limite e assim, é necessário dividir a carga com outro veículo.

    Em operação conjunta a Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz/MT) realiza a fiscalização das notas fiscais no posto de pesagem periodicamente. Neste momento é avaliado se o que está sendo transportado realmente condiz com o que está na nota fiscal.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS