22 de setembro de 2020
Mais
    Capa Notícias Mundo Blindados da polícia chilena prensam manifestante em Santiago
    MANIFESTO

    Blindados da polícia chilena prensam manifestante em Santiago

    Forças de segurança são alvo de críticas por uso excessivo de violência

    Um blindado da polícia chilena prensou um manifestante contra um outro veículo blindado em Santiago, na tarde desta sexta (20). Os oficiais tentavam dispersar uma manifestação não autorizada nos arredores da praça Baquedano, informou o jornal La Tercera.

    O episódio aconteceu em meio à tentativa dos manifestantes de reocupar o monumento ao general Manuel Baquedano, que virou um símbolo dos protestos que tomaram conta do país a partir de meados de outubro. A rotatória na qual a estátua se encontra havia sido cercada pela polícia horas mais cedo.

    O vídeo com o momento do atropelamento foi amplamente divulgado nas redes sociais. O jovem sofreu uma fratura de pélvis, segundo o Instituto Nacional de Direitos Humanos do Chile.

    O veículo que o atropelou, conhecido como “zorrillo”, é do tipo que pulveriza gás lacrimogêneo, e não possuía qualquer tipo de identificação.

    As forças de segurança do país têm sofrido críticas da comunidade internacional devido ao uso excessivo de violência para conter os protestos contra o governo do presidente Sebastián Piñera. No dia 12, a polícia anunciou que passaria a adotar armas não letais e veículos mais leves. A organização afirmou que revisaria o uso de “zorrillos” e também de “guanacos”, caminhões blindados de grande porte que jorram água.

    Os protestos contra a desigualdade social que atingem o Chile já deixaram pelo menos 26 mortos e milhares de feridos. A Sociedade Oftalmológica Chilena informou que mais de 200 pessoas sofreram graves trauma oculares nas manifestações, principalmente devido a balas de borracha da polícia.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS