26 de setembro de 2020
Mais
    Capa Bastidores Empresário de Cuiabá quer vetar filme com 'Jesus gay'
    PORTA DOS FUNDOS

    Empresário de Cuiabá quer vetar filme com ‘Jesus gay’

    Imagem: filme a primeira tentação de cristo
    Cartaz do filme A Primeira Tentação de Cristo, disponível na Netflix – Foto: reprodução

    A bola da vez quando o assunto são polêmicas momentâneas na internet é o filme “Especial de Natal – A Primeira Tentação de Cristo”, produção do canal Porta dos Fundos e disponível na plataforma Netflix. A temática do filme estrelado pelo ator e apresentador Fábio Porchat, no qual Jesus é gay, tem revoltado religiosos em todo o Brasil e até muçulmanos.

    E, não bastasse abaixo-assinados na internet que já contabilizam milhares de assinaturas, eis que um morador de Cuiabá decidiu acionar o Ministério Público Estadual (MPE) pedindo que o órgão ingresse com uma ação civil pública “para a defesa dos direitos da coletividade cristã” contra o Porta dos Fundos.

    Imagem: Alvaro Camargo
    Álvaro Camargo – Foto: Facebook

    Trata-se do empresário bolsonarista, Álvaro José de Camargo, dono de uma academia no bairro CPA 2. Em seu Facebook ele publica fotos e outros posts em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Para ele, o filme se resume a uma “intolerância religiosa”, pois, em suas palavras, Jesus Cristo é colocado como “um militante de esquerda gay, Nossa senhora como uma vagabunda, Deus Pai como um tarado e José como um corno”.

    No pedido protocolado junto ao MPE Álvaro alega que o filme “desrespeita a fé cristã”. Alega, dentre outras coisas, que a produção “de conteúdo fortemente ácido e ofensivo travestido de humor” não pode ser acobertada pela “alegação de garantia à Liberdade de Expressão”. Seu objetivo é que o filme seja retirado do ar imediatamente.

    Ele mesmo gravou um vídeo sobre o assunto e publicou em suas redes sociais . Confira abaixo:

    Por todos nós CRISTÃOS que nos sentimos ofendidos pela empresa Porta dos Fundos que através do canal NETFLIX denegriu e ridicularizou a nossa fé cristã. Não vamos aceitar!

    Posted by Álvaro Camargo on Thursday, December 12, 2019

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS