19 de setembro de 2020
Mais
    Capa Entretenimento Saúde e Bem-estar Falta e excesso de vitaminas prejudicam qualidade do sono
    SAÚDE

    Falta e excesso de vitaminas prejudicam qualidade do sono

    A B12 pode ser encontrada em peixes, carnes, leites e ovos

    A qualidade do sono depende de vários fatores, um deles é nossa alimentação. A relação entre deficiências de vitamina D, B6 e B12 e a qualidade do sono já é estudada e comprovada, afirma a nutricionista Patrícia Nehme, da Associação Brasileira do Sono.

    Segundo Patrícia, outros nutrientes como o ferro, o zinco e o magnésio, ainda precisam de mais estudos para comprovar a relação, mas já existem fortes indícios de que a falta deles se reflete em alterações.

    “Quando falamos de nutrientes, tentamos separar para entender a função de cada uma, mas é importante lembrar que eles estão conectados, é um ciclo e por isso é importante ter uma alimentação variada”, afirma.

    Vitamina D

    A nutricionista explica que os estudos apontam que a vitamina D interfere na latência do sono, tempo que a pessoa leva para adormecer após deitar. “Quanto menor a quantidade de vitamina D, mais tempo a pessoa fica na cama”, afirma.

    Um dos motivos é que essa vitamina ajuda a regular os genes relógio do corpo. Esses genes, em conjunto com a melatonina, controlam os horários de liberação de hormônios, funcionando como um relógio natural.

    Além disso, receptores da vitamina estão presentes em regiões do cérebro envolvidas na regulação do sono.

    Esse nutriente pode ser encontrado em carnes, peixes, frutos do mar, cogumelos e ovos. “É importante sempre tomar sol para ativar a vitamina”, afirma Patrícia.

    Vitamina B6

    A vitamina B6 é importante para que a pessoa consiga relaxar, afirma Patrícia. “Ela faz parte da cadeia de produção da serotonina, que por sua vez é precursora da melatonina, neurotransmissor fundamental para o sono.”

    A B6 ajuda a converter o aminoácido triptofano em serotonina. “A serotonina só é liberada mediante luz e faz parte do ciclo da melatonina, que é liberada quando está escuro. Ela funciona como um alerta para o corpo ir diminuindo as atividades e se preparar para dormir”, explica.

    A vitamina B6 é encontrada em alimentos como batata, aveia, banana, gérmen de trigo, abacate, levedo de cerveja e nozes.

    Vitamina B12

    Diferente das outras, o que pode acarretar em dificuldades para dormir é o excesso de B12. Apesar dela contribuir para a liberação de melatonina, não existem resultados efetivos sobre a ação desta vitamina na duração do sono, afirma Patrícia.

    Segundo a nutricionista, o excesso dessa vitamina pode diminuir a duração do sono.

    “Mas é muito difícil ter excesso, a maioria das pessoas tem falta, que não vai prejudicar o sono mas vai prejudicar diversas outras funções do corpo, por exemplo a formação de glóbulos vermelhos.”

    A B12 pode ser encontrada em peixes, carnes, leites e ovos.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS