22 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Maníaco que transmitiu HIV para seis mulheres está solto nas ruas
    ALERTA

    Maníaco que transmitiu HIV para seis mulheres está solto nas ruas

    Imagem: Haroldo
    As mulheres ao serem ouvidas afirmaram que durante as relações sexuais Haroldo em momento algum anunciou ser portador de doença – Foto: Rede Social

    Maníaco sexual, Haroldo Duarte da Silveira, 32 anos, que infectou propositalmente seis mulheres com o vírus HIV, em Cuiabá – MT, foi solto no início da tarde desta sexta-feira (6). Ele estava preso há 97 dias no Centro de Ressocialização da Capital (CRC), antigo presídio do Carumbé. O maníaco, que responde por seis tentativas de feminicídio, será monitorado com tornozeleira eletrônica.

    O juiz Jeverson Luiz Quinteiro, da 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá, acatou, na última quinta-feira (05), habeas corpus e determinou a soltura. Haroldo teve o pedido de soltura proposta por sua defesa alegando coação ilegal a manutenção de prisão por mais tempo do que determina a lei. As vítimas receberam o “botão do pânico”, como medida protetiva.

    O caso

    Haroldo Duarte da Silveira, foi preso pela Polícia Civil no dia 29 de agosto após transmitir HIV para quatro mulheres. Depois de ser preso, outras duas se apresentaram à polícia. Totalizando seis vítimas.

    As mulheres ao serem ouvidas afirmaram que durante as relações sexuais Haroldo em momento algum anunciou ser portador de doença ou usou qualquer tipo de proteção. A materialidade foi verificada após exames laboratoriais das vítimas e do suspeito.

    A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis, entendeu que o suspeito agiu com dolo na modalidade eventual, pois assumiu o risco de contaminar suas parceiras com doença que se não detectada e tratada poderia levá-las a morte. “Sendo assim o indiciei pelo crime de feminicídio tentado, quatro vezes”, disse.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS