20 de setembro de 2020
Mais
    Capa Notícias Polícia Namorada que abriu corpo de feirante com faca e enterrou no quintal...
    DESFECHO

    Namorada que abriu corpo de feirante com faca e enterrou no quintal é presa em VG

    Imagem: feirante morto e suspeita do crime
    Feirante Dirceu de Lima Raimundo que foi morto em novembro e a suspeita Silvana Ferreira da Silva – Foto: divulgação

    Usuária de drogas é presa após 39 dias de matar e enterrar o companheiro, Dirceu de Lima Raimundo, 58 anos, em uma cova rasa no quintal de casa, em Várzea Grande (MT). Silvana Ferreira da Silva, 27 anos, foi capturada em ação de policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta quinta-feira (18).

    Na época, em 11 de novembro deste ano, o corpo dele foi localizado depois que o cachorro de uma vizinha fugiu, entrou no quintal e começou a cavar no local onde o cadáver estava enterrado, no bairro Marajoara. A vítima, segundo familiares, estava desaparecida há pelo menos seis dias.

    O delegado Fausto Freitas da Silva, informou ao PORTAL AGORA MATO GROSSO, que desde o início Silvana já era apontada pela família de Dirceu como a principal suspeita do crime porque ela foi vista pilotando a motocicleta dele.

    Para o delegado, não resta dúvida sobre a autoria do assassinato. Quanto à motivação do crime, possivelmente foi o fato de que Dirceu não queria a jovem morando mais com ele. O feirante havia iniciado um relacionamento com a suspeita, que era usuária de drogas e moradora de rua. Depois de se mudar para casa dele, Silvana passou a levar outros usuários para a residência, onde faziam consumo de drogas. Tal fato passou a incomodar a vítima, que decidiu mandar a namorada embora.

    Ela, no entanto, se recusou sair da casa. Ao anoitecer a mulher esperou o companheiro dormir, pegou uma enxada e o matou com golpes na cabeça. Raivosa e drogada, segundo a Polícia Civil, a mulher ainda teria aberto a barriga do homem com uma faca, cortando de baixo para cima até a altura do peito. O corpo foi enterrado em uma cova rasa feita por ela no quintal de casa.

    Após sua prisão, ela passou por audiência de Custódia e foi levada a penitenciária feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

    Imagem: corpo localizado em vg
    Corpo foi localizado em cova rasa no quintal da residência da vítima, em VG – Foto: divulgação

     

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS