29 de setembro de 2020
Mais
    Capa Cidades Rondonópolis Rondonópolis conta com Centro de Comercialização e Capacitação da Agricultura Familiar
    VALORIZAÇÃO DO PEQUENO

    Rondonópolis conta com Centro de Comercialização e Capacitação da Agricultura Familiar

    Imagem: centro agricultura
    Foto: assessoria

    Esse quarta-feira, 17, deve ficar na história da agricultura familiar de Rondonópolis com os investimentos que a Prefeitura está fazendo para equipar a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária e também criar um espaço para dar a oportunidade dos pequenos produtores se qualificarem, apresentar e vender seus produtos.

    O prefeito Zé Carlos do Pátio entregou para a comunidade o Centro de Comercialização e Capacitação da Agricultura Familiar localizado ao lado do campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), onde também vai funcionar a sede administrativa da Secretaria. Após anos sem ocupação, a Prefeitura reformou e finalizou a obra do imóvel.

    “Esse Centro é um instrumento de defesa do pequeno produtor. Nesse espaço vamos trabalhar um projeto de fortalecimento da agricultura familiar, do alimento orgânico, enfim da valorização do homem do campo”, ressaltou o prefeito Zé Carlos do Pátio. Ele destacou ainda que o que falta em Mato Grosso a valorização do pequeno produtor, com a manutenção de estradas e acesso facilitado ao crédito, por exemplo.

    Com a presença de dezenas de produtores da região e também de representantes de órgãos ligados ao homem do campo, como o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) e a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência Extensão Rural (Empaer) entre outras entidades do setor, foi descerrada a placa e entregue oficialmente o Centro de Comercialização e Capacitação da Agricultura Familiar.

    Durante o evento foram apresentados os novos maquinários que a Prefeitura comprou para levar mais agilidade e qualidade no atendimento do pequeno produtor. Atualmente a Secretaria está equipada com oito caminhões caçamba, três caminhões do tipo carga seca, quatro tratores, três veículos modelo pick-up, três pá-carregadeira, moto niveladora, rolo pé de carneiro e retroescavadeira.

    Para Genilton Pereira, secretário de Agricultura e Pecuária do município, essa é uma das Secretarias mais bem equipadas de todo o centro-oeste, talvez seja a primeira da lista. Ele informou que hoje existem agrônomos, médicos veterinários, zootecnistas à disposição das comunidades para dar apoio gratuitamente e com isso melhorar o rendimento de suas lavouras e rebanhos.

    O Centro vai servir também para que os pequenos produtores vendam seus produtos e fique conhecido com um ponto onde os moradores da cidade possam encontrar produtos de qualidade cultivados por pessoas que vivem da agricultura familiar. Diversos produtos como hortaliças, leguminosas e doces já estão expostos e à venda no local que fica acessível pela entrada principal da universidade.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS