Imagem: Bruno Pereira
Bruno Pereira – Foto: reprodução

Bruno de Lima Pereira, 27 anos, que foi preso pelo assassinato de Renecléia Aparecida Bispo, 41 anos, teve a audiência dividida em duas etapas nessa terça-feira (14), em Rondonópolis (MT). A audiência poderia pronunciar ou não a júri popular o segurança, mas a 2ª etapa ainda será agendada pela Justiça.

Imagem: Renecleia Bispo
Renecleia foi brutalmente assassinada – Foto: Reprodução/ Redes Sociais

O crime aconteceu no dia 24 de setembro de 2019, na portaria de um condomínio de luxo da cidade. Bruno e Renecléia trabalhavam no mesmo condomínio. Bruno que foi preso dois dias após o crime segue na Mata Grande.

O advogado de defesa do acusado, Júnior Mendonça, disse que a audiência foi dividida porque parte das testemunhas de defesa não foram ouvidas ontem (14), pois não foram localizadas pela Justiça.

Ainda conforme o advogado, foram ouvidas cinco testemunhas de acusação e uma de defesa. O advogado ressaltou que para a defesa, não existe divergência na acusação, mas sim na condição psíquica do acusado.

Ainda de acordo com informações,  quando todas as testemunhas forem ouvidas, por último será ouvido o réu. Após isso, ocorrerá os debates entre defesa e acusação. Em seguida, o juiz decidirá se o réu irá ou não a júri popular.

O advogado Júnior Mendonça, ainda afirma que a defesa irá tentar provar em juízo a insanidade mental de seu cliente na época do fato.

Segundo a Polícia Civil (PC), o indivíduo confessou o assassinato. Bruno teria dito que cometeu o homicídio por divergências no trabalho. No inquérito ele foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil. No dia 26 de setembro de 2019, Bruno teve a prisão temporária convertida em preventiva após passar por audiência de custódia.

LEIA MAIS 

Em ataque de fúria, segurança mata mulher em condomínio de luxo

Segurança que matou colega de trabalho é preso pela PM

Vizinha já havia registrado BO contra vigilante por ameaça e disse que ele ouvia vozes

Exclusivo | Em vídeo, suspeito confessa crime e diz que vítima faltou com respeito

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.