20 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Demanda por derivados do leite recua em MT
    ECONOMIA

    Demanda por derivados do leite recua em MT

    Isso indica que a demanda por lácteos não reagiu como o esperado, mesmo com a entrada do 13° salário

    Com as festas de final de ano, as expectativas eram de que uma maior demanda pelos derivados do leite que são utilizados em sobremesas pós-ceia elevaria os preços. Contudo, as médias das cotações do varejo de dez/19 em Cuiabá (MT) em relação a nov/19, do leite UHT e do leite condensado, apresentaram quedas de 2,31% e 5,80%, respectivamente. AS informações são do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

    Dentre os produtos utilizados nas sobremesas, apenas o preço do leite em pó apresentou aumento no mesmo período, de 2,51%, e o creme de leite permaneceu estável.

    Isso indica que a demanda por lácteos não reagiu como o esperado, mesmo com a entrada do 13° salário.

    Além disso, por causa das férias escolares, o consumo dos principais derivados reduziu, e isto, aliado ao aumento na oferta, pressionou as cotações e estreitou as margens dos varejistas. Apesar disso, produtos como a manteiga e queijos tiveram acréscimos em seus preços, devido aos estoques moderados no Estado.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS