22 de setembro de 2020
Mais
    Capa Notícias Política Esforço coletivo dos vereadores garante emenda de R$ 1,5 mi para educação...
    educação inclusiva

    Esforço coletivo dos vereadores garante emenda de R$ 1,5 mi para educação inclusiva em Cuiabá

    Imagem: Vereadores Cuiabá
    Foto: assessoria

    Em um esforço coletivo, os vereadores de Cuiabá abriram mão de apresentar emendas individuais a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, para propõe uma emenda coletiva em prol dos portadores de dislexia, deficiência, bem como transtornos globais do desenvolvimento e alas habilidades.

    No total, foram destinado R$ 1,5 milhão para qualificação e ampliação do atendimento da educação inclusiva dessas pessoas, garantindo o seu direito a educação.

    O recurso é oriundo de remanejamento orçamentário. Ele foi retirado da Secretaria de Comunicação, onde seria investido em divulgação institucional.

    A emenda foi assinada pelos 25 vereadores e atende a um pleito da Associação Mato-Grossense de Dislexia. Isto porque, as dificuldades de aprendizagem dos estudantes portadores deste transtorno são perceptíveis na rede de ensino, pois é recorrente a desatenção, alterações do comportamento, e complexidade compreensão do texto lido e da linguagem matemática.

    A dislexia do desenvolvimento é considerada um transtorno específico de aprendizagem de origem neurobiológica e caracterizada pela dificuldade no reconhecimento preciso e/ou fluente da palavra, na habilidade de decodificação e em soletração.

    Essas dificuldades normalmente resultam de um déficit no componente fonológico da linguagem e podem ocorrer em qualquer idade, afetando outras habilidades cognitivas, segundo definição adotada pela Internacional Dislexia Associatio (IDA) e pelo National Institute of Child HealthHuman Development (NICHD).

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS