22 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Ex-vereador é morto com tiros na cabeça ao conversar com mulher
    EXECUÇÃO EM ARENÁPOLIS

    Ex-vereador é morto com tiros na cabeça ao conversar com mulher

    Nivaldo Gomes de Souza estava dentro de um carro conversando quando foi atingido na cabeça e morreu

    A Polícia Civil investiga a morte do ex-vereador, e atual suplente de vereador, Nivaldo Gomes de Souza, conhecido como Nivaldo do Posto, 62 anos. O idoso foi executado com três tiros, sendo dois na cabeça e um no tórax, no final da tarde desta quarta-feira (8), no Centro Histórico de Arenápolis (MT).

    Imagem: 793b6894c4c29609417cc0a375d78857 (1)
    Nivaldo Gomes chegou a assumir cadeira na Câmara de Vereadores — Foto: Arquivo Pessoal

    De acordo com a Polícia Civil, Nivaldo estava em um Fiat Strada e parou para conversar com uma mulher. Momento em que um veículo de cor branca, modelo não identificado, ocupado por duas pessoas parou ao lado de Nivaldo e o passageiro sacou a arma e disparou três tiros. O ex-vereador morreu na hora e a mulher que conversava com ele desapareceu.

    De acordo com a polícia a mulher é procurada. Ela pode ter sido usada como “isca”. A Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime para a chegada da Perícia Oficial e de Identificação Técnica (Politec) e também da Polícia Civil.

    Nivaldo Gome chegou a assumir uma cadeira da Câmara de Vereadores durante licença médica da vereadora Yvone Medeiros.

    O suplente é filho do ex-prefeito de Arenápolis, Cícero Francisco de Souza. Nivaldo já foi condenado por ser mandante de um homicídio em Arenápolis e chegou a cumprir a pena num presídio do Estado. Até o momento ninguém foi preso ou identificado.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS