17 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Motociclista que perseguiu e atirou em carro termina baleado pela PM e...
    TIROTEIO E PÂNICO EM VG

    Motociclista que perseguiu e atirou em carro termina baleado pela PM e preso

    Imagem: 44ba5a04 e4b0 4c14 8d48 25436a64d0d9
    Na delegacia o suspeito ameaçou matar as vítimas – Foto: PM

    Jhonatan Wilson Vidotto, 31 anos, foi preso por policiais militares da Força Tática de Várzea Grande, na noite desta quarta-feira (1º) durante uma perseguição que resultou em tiroteio na avenida Arthur Bernardes, no Jardim Aeroporto.

    De acordo com o Boletim de Ocorrência nº 2020.595, os policiais em rondas flagraram o suspeito, em uma motocicleta Suzuki de cor azul, exibindo uma arma de fogo na porta de uma conveniência de um posto de combustível.

    Mesmo com ordens de parada, o suspeito não parou o veículo e fugiu. Na fuga perdeu o controle e caiu. Depois, abandonou a moto e tentou fugir a pé, apontando arma para os policiais, que revidaram e atingiram a perna do suspeito.

    Imagem: 39a32d62 b974 4768 ac07 dac49a881f15
    veículo Renault Logan de cor cinza foi atingido por tiros no para-brisas traseiro – Foto: divulgação/PM

    Um veículo Renault Logan de cor cinza foi atingido com tiros. Uma adolescente de 17 anos e o pai dela, de 36 anos, foram encaminhados à delegacia como vítimas.

    Diante dos fatos, o suspeito foi preso e encaminhado para atendimento médico. Lá ele ameaçou as vítimas de morte. Conforme a Polícia Militar, Jhonatan já tem passagem criminal pelo artigo 157, ou seja, por crime de roubo. Com ele, foi apreendido um revólver com quatro munições deflagradas e uma intacta, além de R$ 276. A Polícia Civil passou a investigar o caso.

    Imagem: motocicleta e tumulto após tiroteio
    Foto: Welington Sabino / AGORA MATO GROSSO

    PORTAL AGORA MATO GROSSO flagrou a correria logo após o barulho dos tiros e conversou com um morador das imediações e com o dono de um trailer de lanche que ficou no prejuízo. Na confusão, algumas pessoas que já tinham recebido os lanches, saíram correndo e sequer fizeram o pagamento.

    Testemunhas disseram que os policiais efetuaram diversos disparos contra o motociclista que tentava fugir a pé pela rua Itapuã, onde existem várias casas e prédios residenciais. A suspeita é que o carro teria fechado o motociclista, que por sua vez passou a perseguir o Logan e depois começou atirar contra o veículo no meio da avenida.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS