17 de setembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Mulheres são mortas com facadas na cabeça e enterradas em quintal
    EX-CUNHADO É PRESO

    Mulheres são mortas com facadas na cabeça e enterradas em quintal

    Maria Cleiude Monteiro Brandão, 34 anos, e Nerias Dantas Amorim, 20 anos, foram mortas a facadas e enterradas numa cova rasa no quintal da própria casa de uma delas, no Distrito de União do Norte, em Peixoto de Azevedo (MT). Os corpos foram encontrados nesta quinta-feira (16) e o suspeito do duplo homicídio, Reginaldo Bratificher de Souza, 31 anos, foi preso na região.

    Ele é  ex-cunhado de Maria e teria ameaçado as mulheres várias vezes. Segundo o Boletim de Ocorrência n° 2020.16652, Reginaldo confessou que matou as vítimas em um momento de surto. O suspeito teria dito que se a ex-mulher não voltasse com ele, mataria toda família dela. A mulher fugiu da Cidade e por isso ele matou a irmã e sobrinha dela.

    Imagem: page
    Maria Cleiude Monteiro e Nerias Dantas Amorim foram mortas com facadas – Fotos: Reprodução

    De acordo com o documento policial, por volta das 13h desta quinta-feira um funcionário – que era amigo de uma das vítimas – foi até a casa da mulher após sentir sua falta no trabalho. Ao chegar, notou que estava vazia e tinham marcas de sangue pela residência. Ele então chamou a Polícia Militar.

    Ao iniciar as investigações, a Polícia Civil encontrou uma cova rasa num matagal no quintal da casa e uma pá. Em diligências, os policiais encontraram a cova, fizeram a escavação e se depararam com os corpos, um em cima do outro.

    Segundo a polícia, inicialmente, a hipótese é de que as vítimas foram mortas a facadas. Inclusive, Nerias, que era sobrinha da ex-cunhada do suspeito, tinha vários ferimentos no crânio.

    Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. O suspeito segue à disposição da Justiça e a Polícia Civil continua investigando duplo homicídio.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS