Agora MT Brasil 'Não existe nenhuma comprovação de reinfecção' diz ministro
CORONAVÍRUS

‘Não existe nenhuma comprovação de reinfecção’ diz ministro

Da redação com G1 [email protected]

Em entrevista coletiva neste sábado (4) no Palácio do Planalto para apresentar o mais recente balanço sobre o avanço da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no Brasil, o Secretário-Executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que as pessoas que pegam Covid-19 desenvolvem imunidade à doença.

Ele também defendeu a aplicação de testagem maciça no país para, no futuro, liberar a circulação de quem não tiver mais a possibilidade de se infectar novamente.

Na apresentação – na qual não esteve presente o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta –, o secretário disse que “vamos ter uma parte da população que já vai estar com anticorpos e pode circular livremente pela sociedade” 

O termo “passaporte imunológico” havia sido mencionado na pergunta que motivou o comentário de Gabbardo. Era uma referência a uma ideia citada mais cedo neste sábado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em videconferência com empresários do setor varejista organizada pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

 
Na ocasião, Guedes afirmou: “Hoje de manhã conversávamos com um amigo na Inglaterra que criou o passaporte de imunidade. Ele faz 40 milhões de teste. Ele coloca disponíveis para nós, brasileiros, 40 milhões de testes por mês”.

Segundo Guedes, a proposta já foi encaminhada ao presidente Jair Bolsonaro e aos ministros Walter Souza Braga Netto (Casa Civil) e Mandetta.

Gabbaro disse ser “totalmente favorável” à proposta do ministro da Economia. “Os testes rápidos vão servir para isso. Queremos que o profissional de saúde, se ele estiver doente, se ele estiver com sintomas, ele pode sair do isolamento um pouco mais cedo, se a gente tiver a confirmação de que ele está com segurança imunológica para sair de casa e voltar para o trabalho”, explicou.

O secretário também disse que “86% [dos infectados] não vão ter sintomas, mas todo mundo vai ter contato”.

‘O mundo corre atrás de testes’

 “O mundo todo corre atrás de testes, e tem testes com qualidade diferentes. Não adianta adquirir um que não tenhamos condição de ter segurança sobre os resultados. Recebemos doação grande, mas os testes têm que ser aprovados pelo nosso instituto de qualidade antes de ser colocado à disposição”, afirmou Gabbardo.

Ele reconheceu que “nós ainda não estamos com a quantidade tão grande de testes como gostaríamos.

Taxa de letalidade deve cair no Brasil

 Gabbardo afirmou que a curva de expansão dos casos de coronavírus no Brasil está “tranquila, abaixo das curvas de crescimento da Espanha, Itália, Estados Unidos nesse período do caso 100 até hoje”.

O secretário comentou ainda o aumento recente da taxa de letalidade da Covid-19 no país.

Contaminação maior em jovens no Brasil

 “O percentual [de mortes] no Brasil é um pouco maior que em outros países entre os jovens. Não sabemos explicar por que isso acontece, mas não é número relevante, que nos surpreenda”, explicou o secretário.

Relacionadas

Avião da FAB leva 20 toneladas de ração para animais do Rio Grande do Sul

Um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) decolou na manhã deste sábado (18) de Brasília com 20 toneladas de rações doadas para animais afetados...

Doações via Pix ao RS serão destinadas a auxílio emergencial de R$ 2 mil a 45 mil famílias

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (13) que a maior parte dos R$ 93,47 milhões arrecadados via...

Pacheco e Padilha anunciam que governo vai manter desoneração de municípios em 2024

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta quinta-feira (16) que o governo, o Congresso e os municípios entraram em acordo para que...

Médicos recomendam seis vacinas a afetados por enchentes no RS, mas duas estão em falta

Das seis vacinas recomendadas por médicos para os afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul — Covid-19, influenza, hepatite A, tétano e raiva,...

Prazo para convocação da lista de espera do Fies termina nesta sexta (17)

Termina nesta sexta-feira (17) o prazo para as convocações da lista de espera da seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre...

Leilão da Receita terá de iPhone por R$ 1,2 mil a esmeralda por R$ 115 milhões

A Receita Federal vai fazer no dia 28 de maio mais um leilão com produtos e mercadorias apreendidos ou abandonados nos aeroportos. São 245...

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10...

Prazo para negociações do Desenrola Brasil termina na próxima segunda-feira (20)

O prazo para renegociar dívidas sob condições do Programa Desenrola Brasil vence na próxima segunda-feira (20) para devedores que se encaixam na Faixa 1....

SP permitirá entrada e venda de produtos de origem animal do RS

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo autorizou a entrada e a comercialização, no estado, de produtos de origem animal provenientes do...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas