27 de julho de 2021
Mais
    Capa Notícias Mato Grosso Secretário diz que MT vai amargar os números e conviver com o...
    COVID-19

    Secretário diz que MT vai amargar os números e conviver com o vírus até novembro

    Os números mostram nesse 4º mês de quarentena em Mato Grosso que as ações não estão sendo eficazes e que os números só aumentam no Estado. As mortes já passam de 1,1 mil e os casos confirmados estão chegando a 30 mil.

    Durante live, na manhã desta quarta-feira (15), o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, afirmou que os números só confirmam que MT não tem uma quarentena eficiente. “No começo até conseguimos manter o isolamento social, mas hoje a quarentena não chega a 50% em municípios do Estado”, disse o secretário.

    Para ele de nada tem adiantado os decretos baixados pelos prefeitos, já que a população não tem respeitado e continua se reunindo e fazendo aglomerações. “Por isso, com esse comportamento, vamos amargar com os números de casos diários. E vamos conviver até outubro e novembro com esse vírus, porque foi essa a opção que a população fez”, afirmou.

    O estado tem trabalhado junto as Prefeituras para ampliar os leitos exclusivos de Covid-19, porém o colapso na saúde continua. “Temos uma fila para ocupar leitos de UTIs, ela é regulada por decisões judiciais e a gravidade do quadro clínico do paciente. Quem tem condições pra ir pegar um jatinho e ir se tratar em outro estado é bom, mas muitos não tem, e precisam de uma vaga no SUS, esses precisam passar pela regulação”

    Na última sexta-feira (10), o secretário de Saúde anunciou que até o fim do mês mais 204 leitos de UTIs seriam implantados em municípios de Mato Grosso.