20 de setembro de 2020
Mais
    Capa Notícias Política Deputados apresentam PLC que isenta de contribuição previdenciária, inativos que ganham até...
    CORREÇÃO

    Deputados apresentam PLC que isenta de contribuição previdenciária, inativos que ganham até 3 salários mínimos

    Imagem: Janaina Riva Deputados apresentam PLC que isenta de contribuição previdenciária, inativos que ganham até 3 salários mínimos
    Deputada Janaina Riva – Foto: Da assessoria

    A deputada estadual Janaina Riva (MDB) apresentou nesta terça-feira (18.08), via lideranças partidárias, um Projeto de Lei Complementar para instituir a isenção da contribuição previdenciária para os inativos que recebem até três salários mínimos. A ideia é corrigir a distorção causada pela aprovação da LC 654/2020, que isentou os que ganham até R$ 3.000,00 e taxou os que ganham qualquer valor a mais sobre a diferença entre a remuneração e 1 salário mínimo, o que tem levado a várias distorções e injustiças, principalmente com aqueles cuja remuneração é pouca coisa acima do valor de R$ 3 mil e que foram pegos de surpresa em Julho deste ano quando a lei passou a valer.

    “Com a aprovação deste projeto, ficará resolvido o problema, fixando-se o valor de 3 salários mínimos de isenção para todos e em substituição ao valor nominal de R$ 3 mil reajustados pelo IPCA, para também evitar discussões judiciais acerca de índices de correção e harmonizar a regra com os demais parâmetros da LC  202/2004. Da forma que está hoje, se o inativo recebe R$ 3.001,00, ele já precisa contribuir com 14% sobre a parcela que exceda 1 (um) salário mínimo. O que é injusto do meu ponto de vista e de diversos outros deputados”, explicou a parlamentar.

    Segundo Janaina, o impacto deve ser mínimo ou nulo, ainda mais após a aprovação da PEC da Reforma da Previdência, que vai aumentar a arrecadação do Estado e provavelmente até acabar com o déficit atuarial do sistema, que serviu de base para esta taxação dos inativos que ganham abaixo do teto do INSS.

    “Essa é uma alternativa à proposta que o deputado Lúdio Cabral (PT) apresentou e que seria ideal, que prevê isenção de contribuição para os que ganham até o teto do INSS. Esse projeto que apresentamos hoje via lideranças partidárias, é uma iniciativa que o deputado Allan Kardec (PDT), para podermos negociar com mais tranquilidade junto ao governo do estado. Sabemos que não atende a todos, mas diminui muito o impacto para os aposentados que foram surpreendidos com esse desconto de 14% mês passado”, finaliza a parlamentar.

     

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS