23 de setembro de 2020
Mais
    Capa Notícias Cidades Escola que ficou parada por seis anos tem obra finalizada
    JACIARA

    Escola que ficou parada por seis anos tem obra finalizada

    A unidade de ensino terá seis salas de aula, laboratório de informática, quadra poliesportiva com vestiários, além de espaço administrativo

    Depois de seis anos de espera, finalmente a comunidade do Distrito de Celma, no município de Jaciara (a 144 quilômetros de Cuiabá), será contemplada com uma escola nova. O Governo do Estado está finalizando a obra de construção da nova sede da EE do Campo Celestino Correa da Costa, um investimento de R$ 3,3 milhões, recursos oriundos do Governo Federal, com contrapartida do Governo do Estado.

    Imagem: da64e3ab ec82 e213 a8c9 f853a96ebbae?t=1597868681227 Escola que ficou parada por seis anos tem obra finalizada

    Conforme a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, além do prédio novo a escola será contemplada com todo mobiliário e equipamentos novos, incluindo a climatização das salas de aula e da parte administrativa. “Vamos entregar uma escola com todos requisitos necessários para o bom desempenho educacional, dando mais qualidade de ensino aos nossos alunos e melhores condições de trabalho aos profissionais da educação”.

    A unidade de ensino terá seis salas de aula, laboratório de informática, quadra poliesportiva com vestiários, além de espaço administrativo (diretoria, secretaria, coordenação, sala de professores e demais instalações). Todas as instalações serão construídas em conformidade com os padrões de acessibilidade e segurança.

    Imagem: 0b0fe8ad cc29 dd0b 89b4 677f1be3c724?t=1597868738556 Escola que ficou parada por seis anos tem obra finalizada

    A diretora da escola Silvana Delfina Fichio lembra que após alguns anos de espera, toda a comunidade de Celma está na expectativa de que a obra da nova escola seja entregue. “Estamos ansiosos para mudarmos para o prédio novo e poder oferecer aos nossos alunos do campo mais conforto para estudar”.

    Silvana Delfina lembra que as salas de aula do antigo prédio eram pequenas e pouco arejadas, o que causava muito calor. “Fui aluna dessa escola, trabalhei aqui como professora e hoje estou como diretora. Lembro de como era antes e como está agora, é um sentimento de alegria e de conquista”.

    Imagem: 655c5c09 ce06 d7db ba92 a49a3abb787f?t=1597868821996 Escola que ficou parada por seis anos tem obra finalizada

    O novo prédio da escola, que atende alunos ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos (EJA), terá capacidade para atender aproximadamente 500 alunos.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS