30 de novembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Cláudio Ferreira promete digitalizar processos na prefeitura
    SUCESSÃO MUNICIPAL

    Cláudio Ferreira promete digitalizar processos na prefeitura

    Candidato afirmou que projeto visa eficiência do setor público e combater a corrupção

    O candidato a prefeito de Rondonópolis Cláudio Ferreira, da coligação “Quando os justos governam, o povo se alegra” (DC e Patriota) afirmou em entrevista ao AgoraMT que, caso eleito, digitalizar os processos internos da prefeitura, como forma de agilizar a tramitação dos mesmos e diminuir a corrupção.

    Crítico do Estado, que no seu entendimento é muito grande, o candidato diz acreditar que a política deveria servir para gerar o bem comum da população e defendeu candidaturas avulsas, aquelas de candidatos sem partido, e afirmou que estas instituições “só defendem os interesses deles mesmos”, deixando de lado a população na hora de formular suas políticas, afirmando que sua candidatura deixou de fora essa dinâmica, e que tem usado muito as mídias sociais apara conversar com seus eleitores.

    Sobre seus projetos para governar a cidade, Cláudio Ferreira afirmou que pretende melhorar a eficiência dos gastos públicos, criando o que chama de “governo digital”, que consistiria na digitalização de todos os processos da gestão pública, diminuindo assim a burocracia, diminuindo a corrupção e aumentando a eficiência do serviço público. “Por exemplo, na saúde, nós temos o Sistema Único de Saúde, o SUS, e nós queremos montar o sistema único de monitoramento e controle da saúde, que consiste em fazer um prontuário eletrônico, para que as pessoas, o poder público saiba o histórico da saúde da pessoa. Por exemplo, se a pessoa vai ao PSF e tem um problema recorrente, quando ele passa mal vai para a UPA e quando chegar lá, na triagem já se consegue detectar o problema, como ele está medicado. Enfim, você consegue melhorar a eficiência do serviço”, pontuou.

    Imagem: Claudio Ferreira candidato a prefeito por roo Cláudio Ferreira promete digitalizar processos na prefeitura
    Cláudio Ferreira afirmou que pretende criar o “governo digital” para melhorar a eficiência dos gastos públicos – Varlei Cordova / AGORA MT

    O candidato também citou o caso da compra de respiradores falsificados por parte da prefeitura de Rondonópolis, o que resultou em prejuízos de mais de R$ 1 milhão para o Município, que para ele é um exemplo de malversação do dinheiro público. “O Governo Federal enviou o recurso e, infelizmente, ele não foi aplicado na finalidade para a qual ele veio. Nós entendemos que um governo digital ajuda no combate à corrupção, mas o que mais precisamos é resiliência moral, não precisamos mais de legalidade, nós precisamos de moralidade, de pessoas que tem compromisso, que tem Deus no coração, que tem resiliência para enfrentar a corrupção”, disparou.

    Paisagista de profissão, ele também prometeu investir na melhoria do visual das entradas da cidade, além de construir grandes pistas de caminhada arborizadas em várias regiões da cidade. “Não adianta você fazer uma pista de caminhada e não plantar uma árvore, as pessoas não conseguem usar durante o dia”.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS