22 de outubro de 2020
Mais
    Capa Destaques Pacientes estão se ‘acumulando’ na UPA por falta de vagas no Hospital...
    APONTA MUNICÍPIO

    Pacientes estão se ‘acumulando’ na UPA por falta de vagas no Hospital Regional

    Imagem: Coletiva na secretaria de saude roo Pacientes estão se ‘acumulando’ na UPA por falta de vagas no Hospital Regional
    Coletiva realizada- Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

    O Secretário interino da Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis, Marcus Vinícius, afirmou em coletiva na tarde desta quinta-feira (02) que pacientes que precisam de atendimento de média e alta complexidade estão tendo que ficar na UPA do município por falta de vagas no Hospital Regional, que é o responsável na cidade por este tipo de atendimento.

    “O estado não está conseguindo absorver a demanda de pacientes, principalmente os de trauma e isso tem sobrecarregado e até atrapalhado no atendimento. O município está fazendo tudo o que pode, mas não conseguimos fazer esse tipo de atendimento” afirmou.

    A diretora da UPA, Vania Scapini, explicou com o número de acidentes, por exemplo, voltou a crescer por conta da volta da rotina da população que tem voltado ao normal. Ela afirmou ainda que o número de atendimentos de complicações pós-Covid também tem aumentado “Em uma semana, temos atendido cerca de 330 casos ortopédicos e 90% disso tem sido tratado, mas o restante precisa ser encaminhado ao Hospital Regional. Alguns pacientes estão ficando na UPA de cinco a seis dias aguardando as vagas” afirmou.

    Em resposta, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informou que a unidade possui 158 leitos e que, em setembro, a ocupação hospitalar (com a exceção dos leitos de enfermaria Covid-19) foi superior a 100% e que atualmente, o hospital registra mais de 30 pacientes internados em enfermaria, sem previsão de alta em virtude da especificidade e gravidade dos casos, e lotação máxima da UTI Adulto Covid-19.

    Eles afirmaram ainda que a direção do Hospital Regional e toda a equipe hospitalar vem realizando todas as ações viáveis para atender às demandas e necessidades dos pacientes.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS