20 de outubro de 2020
Mais
    Capa Destaques Thiago Muniz terá maior espaço; Bonoto não terá tempo de rádio e...
    PROPAGANDA ELEITORAL

    Thiago Muniz terá maior espaço; Bonoto não terá tempo de rádio e TV

    Horário eleitoral gratuito em rádio e TV terá início no próximo dia 9, com dois blocos diários de dez minutos cada

    Começa no próximo dia 9 o horário eleitoral gratuito, a propaganda eleitoral dos candidatos a prefeito e vereadores, que este ano será dividido em dois blocos diários de dez minutos cada. Em tempos de pandemia do coronavírus, esse espaço no rádio e na TV será fundamental para que os candidatos, principalmente os iniciantes na política, possam se tornar conhecidos e divulgarem suas propostas.

    O tempo destinado a cada candidatura é calculado tendo como base a quantidade de parlamentares federais que cada partido possui e, como não poderia deixar de ser, o candidato Thiago Muniz (DEM), da coligação “Unidos para crescer” (PSC, DEM, PDT, PSB e MDB) terá o maior tempo do horário eleitoral, tendo direito a usar dois minutos e quarenta e cinco segundos, já que faz parte do DEM, um dos maiores partidos políticos do país, além de ter o apoio do MDB, que também é um gigante da política nacional.

    Mesmo fazendo parte de um partido pequeno na sua representação parlamentar, o empresário Luiz Fernando Carvalho, o Luizão (Republicanos), da coligação “Chegou a Hora de Mudar” (Republicanos, PSDB, Pode e PSL) terá o tempo de dois minutos e quarenta e dois segundos, o segundo maior, devido ao apoio do PSDB, um dos maiores partidos do país em número de parlamentares federais.

    Já o prefeito José Carlos do Pátio (SD), da coligação “Rondonópolis nos Trilhos do Desenvolvimento Econômico e Social” (SD, PP, PTB, REDE, PSD, PC do B e PV) será o terceiro, tendo à disposição dois minutos e vinte segundos.

    Na sequência, vem o médico Kleber Amorim, do Partido dos Trabalhadores, que contará com o tempo de rádio e TV de um minuto e treze segundos,  enquanto Kleison Teixeira, do PSOL, ficou com vinte segundos; o candidato Cláudio Ferreira, o Paisagista, do DC, da coligação “Quando os justos governam, o povo se alegra” (DC e Patriota) contará com um tempo de dezenove segundos, enquanto Ubaldo Barros, do Cidadania, terá apenas dezoito segundos.

    Candidato do PRTB, que não possui bancada federal, o candidato Vanderlei Bonoto não terá tempo no programa eleitoral, ficando bastante prejudicado pela situação.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS