28 de outubro de 2020
Mais
    Capa Destaques Zé do Pátio quer criar autarquia do transporte coletivo
    SUCESSÃO MUNICIPAL

    Zé do Pátio quer criar autarquia do transporte coletivo

    Segundo o prefeito, pesquisas mostram insatisfação da população com o serviço; em cinco licitações realizadas não houve interessados

    Em conversa com moradores no bairro Parque Universitário na noite desse sábado (17), o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (SD), disse que pretende criar uma autarquia do transporte coletivo para melhorar o serviço à população. “Temos serviços de excelência, como a rede de água e tratamento de esgoto e também a iluminação pública. Mas este serviço [transporte coletivo] não está bom e vai melhorar num próximo governo, caso eu seu reeleito”, disse o prefeito, durante reunião organizada pela candidata a vereadora Roseane do Esporte.

    Durante a reunião, o prefeito conversou com os apoiadores e ouviu sugestões. E um dos assuntos levantados foi o do transporte coletivo. Zé do Pátio disse que pesquisas feitas mostram a insatisfação da população com o serviço prestado. Ele contou que o prefeito anterior tentou fazer uma licitação, que foi declarada deserta, devido a fala de interessados. Em sua gestão, ele tentou fazer cinco licitações, mas também ocorreu a mesma coisa.

    “Ninguém participa destas licitações, e eu estou ficando na mão do empresário, porque ele quer subsídio e quer manter o controle do transporte coletivo na mão dele. Já estou fazendo um estudo com a Universidade Federal, estou montando uma autarquia, já estou licitando a compra dos ônibus”, disse o prefeito. Ele frisou durante a reunião que o que mais o deixa “indignado” é não atender com cidadania, com dignidade, o direito de ir e vir do cidadão.

    “Quero melhorar o transporte coletivo para que as pessoas tenham transporte mais digno, ter horário. Não dá mais para conviver com esta empresa, é o rompimento com esta empresa e a prefeitura vai assumir o transporte coletivo, e aí você vai ter um horário de circulação para poder atender melhor e ter um preço digno”, afirmou aos moradores participantes da reunião.

    O prefeito revelou que já comprou 32 ônibus para a rede municipal de ensino e possui R$ 10 milhões em caixa para começar a comprar os ônibus que irão compor a frota. “Dos 50 ônibus que precisa para o transporte coletivo, eu já tenho dinheiro para comprar 25. Já estou montando todo um sistema para ter uma autarquia do transporte coletivo”, afirmou José Carlos do Pátio.

    O prefeito José Carlos do Pátio lembrou que o terminal de ônibus que foi construído na Praça dos Carreiros, já é início do sistema. Ele pretende ampliar a cobertura nos demais pontos de ônibus e também construir corredores exclusivos para o tráfego dos coletivos. “Estou encaminhando para licitar o transporte, vou fazer o corredor púbico para os ônibus andarem mais rápido, então gradativamente nós estamos resolvendo o problema do transporte coletivo”, garantiu o candidato pela Coligação Rondonópolis nos Trilhos do Desenvolvimento Econômico e Social (PP, PTB, Rede, PSD, PCdoB, Solidariedade e PV).

    CARRIS

    No Brasil, o melhor exemplo de uma autarquia do transporte coletivo vem de Porto Alegre (RS). A Companhia Carris Porto-Alegrense foi fundada em 1872 (com autorização do imperador Dom Pedro II) e é a mais antiga empresa de transporte coletivo em atividade no País.  Em 1954 a empresa norte-americana Bond & Shire, que administrava a Carris, devido a dificuldades financeiras pede sua encampação pela prefeitura de Porto Alegre, que a partir daí assumiu o controle acionário.

    Inicialmente operada por bondes puxados a mula, a Carris teve em sua frota bondes elétricos (desativados em 1970) e possui atualmente 347 ônibus que operam 24 linhas transportando por dia 230 mil pessoas em quase quatro mil viagens diárias. Ao longo dos anos a Carris conquistou vários prêmios, dentre eles o de Melhor Empresa de transporte coletivo do Brasil concedido em 1999 pela Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP). Nos últimos 19 anos conquistou também o Top of Mind concedido pela Revista Amanhã por ser a empresa de transporte mais lembrada, além de diversos outros prêmios concedidos por várias organizações em reconhecimento a ações de responsabilidade social.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS