30 de novembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Comitê de policial civil seria o alvo de militares presos
    EM CUIABÁ

    Comitê de policial civil seria o alvo de militares presos

    Imagem: Edileuza Mesquita investigadora da Policia Civil Comitê de policial civil seria o alvo de militares presos
    candidata Edileuza Mesquita- Pedro Couto/ AGORA MT

    A Polícia Civil confirmou que o comitê que seria alvo de uma quadrilha hoje em Cuiabá é da candidata Edileuza Mesquita, que é investigadora da Polícia Civil em Mato Grosso.

    Os cinco suspeitos foram presos nesta madrugada no bairro Jardim Vitória em Cuiabá, três deles são policiais militares e trabalham no 4° Batalhão em Várzea Grande.

    A abordagem ocorreu pouco antes deles saírem para o roubo.

    O objetivo do grupo seria subtrair o cofre do comitê onde estariam guardados valores para pagar custos da campanha.

    O PSB, partido da candidata, negou a existência do cofre em nota, reforçando que as movimentações financeiras são feitas por cheque conforme determina a legislação eleitoral. O partido pediu esclarecimentos as autoridades competentes.

    Com os policiais presos foram apreendidas armas, munições, coletes a prova de bala e rádios comunicadores.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS