30 de novembro de 2020
Mais
    Capa Notícias Política Deputado fiscaliza escola em Rondonópolis com reforma parada desde 2016
    VERIFICANDO OBRAS PARADAS

    Deputado fiscaliza escola em Rondonópolis com reforma parada desde 2016

    Ulysses Moraes percorreu a Escola Estadual Adolfo Augusto de Moraes, que está com a reforma iniciada em 2015, com previsão de entrega em 365 dias, mas até o momento não houve conclusão

    Imagem: Deputado Ulysses Moraes Deputado fiscaliza escola em Rondonópolis com reforma parada desde 2016
    Reprodução

    O deputado Ulysses Moraes (PSL) realizou outra fiscalização no munícipio de Rondonópolis. Desta vez, o parlamentar percorreu a Escola Estadual Adolfo Augusto de Moraes, que está com reforma parada desde 2016. E, de acordo com o deputado, a estrutura está totalmente precária com tetos infiltrados e entulhos espalhados pelo local.

    “A reforma começou em 2015 e até agora nada de conclusão. O teto está todo infiltrado, porque está entrando água da chuva, daqui a pouco corre até risco de ceder. Nas salas já deveria ter alunos estudando, mas, ao invés disso, o local está acumulando mosquitos da dengue e cheio de goteiras”, disse Moraes.

    Segundo o Geo Obras, iniciada em 2015, a reforma orçada em R$ 2.295.336,28 deveria ter sido entregue em 365 dias, mas até o momento não existe uma previsão para conclusão. A escola estadual é plena, ou seja, funciona em período integral e atende atualmente 177 alunos. “Ocorre que, se as salas de aula já tivessem sido entregues, a escola poderia ter aproximadamente 300 alunos, quase que dobraria a capacidade de atendimento”, ressaltou o deputado.

    No local, existe, além de entulho de obras, a falta de telhados, paredes rachadas, falta de rebocos e acabamentos, entre outros problemas. O parlamentar afirma que irá cobrar a Secretaria de Estado de Educação e o Governo do Estado de Mato Grosso por uma resposta.

    “Isso é um descaso do governo e urgentemente tem que ser entregue, não faz sentido que isso fique parado. A população precisa saber qual é a previsão de conclusão dessa reforma. Realizamos a fiscalização e vamos cobrar por uma solução”, finalizou o parlamentar.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS