30 de novembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Mulher baleada por policial que não aceitou divórcio está na UTI
    VÁRZEA GRANDE

    Mulher baleada por policial que não aceitou divórcio está na UTI

    Imagem: sargento Mulher baleada por policial que não aceitou divórcio está na UTI
    Sargento da Polícia Militar, Ronaldo Amorim- Foto: Arquivo Pessoal

    Está na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) a mulher que foi baleada na noite da última quarta-feira (11) pelo ex-marido em Várzea Grande.

    O Sargento da Polícia Militar, Ronaldo Amorim, foi até a casa da vítima no residencial Celestino Ferreira e visivelmente alterado pegou o filho do casal e atirou duas vezes contra a ex-companheira dele, fugindo na sequência.

    Vizinhos acionaram o Samu, que fez o resgate até o Pronto Socorro. A mulher passou por um procedimento cirúrgico na madrugada desta quinta-feira (12) e desde então segue na UTI.

    O último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde reforça que os disparos acertaram o antebraço esquerdo e a região de transição toracoabdominal.

    A vítima respira com a ajuda de aparelhos, o estado de saúde considerado grave, mas estável.

    A Corregedoria da Polícia Militar abriu um inquérito para investigar o caso, mas até o momento o Sargento não foi localizado.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS