24 de novembro de 2020
Mais
    Capa Entretenimento 'Quem falou que não é possível?' ganhar o que disputar, disse Ceni...
    UNIÃO DE GIGANTES

    ‘Quem falou que não é possível?’ ganhar o que disputar, disse Ceni ao se oficializar no Flamengo

    A apresentação de Rogério Ceni no Flamengo foi impressionante. Ele mostrou personalidade, energia

    Imagem: Ceni no Flamengo 'Quem falou que não é possível?' ganhar o que disputar, disse Ceni ao se oficializar no Flamengo
    Reprodução

    “O que acontece quando o goleiro com mais gols na história e o clube com maior número de torcedores em um país no mundo se juntam?

    “Mal podemos esperar para ver.”

    O site oficial da Fifa fez questão de destacar a relevância do encontro entre Rogério Ceni e o Flamengo.

    E ele não deixou por menos na sua apresentação, a poucos instantes.

    Obsessivo por conquistas, Ceni foi transparente.

    Promete entrar na Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores para conquistar.

    Todas as competições.

    “Temos que ver quanto cada um está disposto a se entregar para chegar. É um grupo vencedor.

    “Quem disse que não é possível?

    “Ainda mais com uma torcida tão apaixonada e jogadores de tanta qualidade.”

    “Para mim é um dia muito especial na minha vida.

    Já enfrentei muitas vezes o Flamengo, no Maracanã, casa cheia.

    “Vi Zico, Júnior….

    “Eu até mandei mensagem para o Zico, pedi a permissão para entrar aqui, tenho uma idolatria grande”, disse, para orgulho dos rubro-negros.

    Ele já foi direto no ponto central.

    Sabia que os atletas estavam completamente desconfortáveis com o rodízio, com a estratégia confusa de Domènec Torrent. Saudosos da simplicidade e efetividade de Jorge Jesus. Acho que é encontrar o estilo de jogo que os atletas se sintam a vontade, nas característica deles. Aqui, o que importa é que os atletas se sintam a vontade, principalmente no espaço curto de tempo.”

    Por mais que tenha montado um efetivo sistema defensivo no Fortaleza, Ceni deixou claro que fazia por conta da limitação no elengo. No Flamengo, ele promete ser bem diferente.

    “Mais defensivo é impossível, fiquei muito tempo lá no gol né. Eles gostam da bola, para isso temos que estar trabalhando bem, mas sempre tentando ser o mais ofensivo possível, sempre em busca do gol, o importante é o gol, a rede dos outros.”

    Deixou evidenciado que o conformismo de Domènec passará longe. Ele avisa que fará um trabalho individualizado e vai exigir entrega total dos atletas.

    “Eu gosto de extrair o máximo que o atleta pode oferecer. Se tenho bons jogadores nas mesmas posições, tem que encontrar espaço para eles jogar.

    “Aqui você tem muitos, claro que um acaba ficando de fora, mas gosto de jogar com muitos atacantes.”

    A referência é em relação a Gabigol e Pedro, dois artilheiros.

    E ele também tocou em outro ponto delicado.

    Diego Alves ou Hugo como titular.

    Pela maneira que falou, o veterano goleiro tem tudo para recuperar a posição.

    “Diego Alves pode ser titular.

    “O Diego merece todo respeito pela história que construiu. Acho que ter sempre respeito, goleiro de seleção, de Valência e o Hugo um goleiro que tem potencial, potencial de chegar numa Seleção Brasileira.”

    Como o blog adiantou, ele esteve hoje pela manhã no seu novo clube.

    Acertou contrato até o final de 2021.

    E mostrou o quanto é workaholic.

    Conheceu o elenco flamenguista, dando um forte abraço em todos os jogadores.

    Avisou que nada de hotel de luxo, cinco estrelas na Barra da Tijuca.

    Pelo menos até o final do ano no Centro de Treinamento.

    “Não conheço bem o Rio de Janeiro, vou ficar por aqui por algumas semanas para conhecer tudo. Eu prefiro ficar por aqui, os quartos estão melhores que o hotel, comida boa e trabalhar, o que é o mais importante nesse momento.”

    Para se integrar ao clube. Conhecer profundamente os jogadores com potencial na base. E estabelecer o melhor horário de treinamento, palestras, exibição de vídeos dos adversários antes dos jogos. E depois, análises dos acertos e erros.

    Quer o controle absoluto dos dados físicos de cada atleta. Da fisiologia, da fisioterapia, do departamento médico.

    Ceni vai usar os trabalhos de Jorge Jesus, que deu muito certo. E o de Domènec Torrent, que deu muito errado. Para impor sua filosofia.

    A partir do treinamento desta tarde, quando vai preparar e escolher seu time que jogará amanhã a importante primeira partida das quartas-de-final da Copa do Brasil, contra o São Paulo.

    Ele fez questão de avisar o vice Marcos Braz que comandará o time amanhã, no Maracanã.

    Nada de ficar observando de longe.

    A imersão de Rogério Ceni surpreendeu e agradou a diretoria e os jogadores do Flamengo. Estava claro que eles estavam carentes, saudosos de um comandante com energia, vibração. Sede de vitória.

    Rogério Ceni é o primeiro treinador da Copa do Brasil, desde a sua primeira disputa, em 1989, que perdeu nas oitavas-de-final e está disputando as quartas. E contra o mesmo time. Ceni caiu com o Fortaleza diante do São Paulo.

    O Flamengo acertou o pagamento da multa pela saída do treinador do time cearense.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS